(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Depois de 50 anos tentando engravidar, mulher de 72 anos consegue dar à luz

Com um empurrãozinho da ciência, o casal conseguiu realizar o sonho de gerar e criar uma criança

24 JAN 2019
Da redação / Diário do Sertão
09h46min
Foto: Reprodução / Diário do Sertão

Com a ajuda da ciência moderna, um casal indiano conseguiu realizar o sonho de gerar e criar uma criança. A mulher, de 72 anos, teve um bebê depois de passar por tratamentos de fertilização in vitro durante dois anos. O marido, de 80 anos, esteve junto com ela em uma clínica de reprodução assistida, no estado de Haryana, Norte da Índia. Isso faz de dela a mulher mais velha do mundo a dar à luz.

Por mais de 50 anos, eles tentaram conceber um filho, mas eram estéreis. As pessoas mais próximas ao casal sugeriram por muito tempo que eles adotassem, mas ela decidiu seguir em frente e perseguir sua meta de dar à luz e criar uma criança.

Eles finalmente conseguiram isso enquanto estavam ambos aposentados. Embarcaram em uma jornada envolvendo exames, testes, muitas consultas médicas com vários médicos e três rodadas de tratamentos de fertilização in vitro. Foi então que veio ao mundo o menino chamado Armaan. O bebê foi concebido usando o óvulo e o esperma do casal e nasceu “saudável”, apesar ter nascido com apenas dois quilos.

O marido que é dono de uma fazenda na região, disse que a idade avançada não é problema. Segundo ele, Deus vai cuidar de seu filho. Muitas mulheres mais jovens também recorrem aos tratamentos de fertilização in vitro quando não conseguem engravidar.

A fertilização in vitro é uma técnica de reprodução medicamente assistida que consiste na colocação, em ambiente laboratorial, (in vitro), de um número significativo de espermatozóides, 50 a 100 mil, ao redor de cada ovócito, procurando obter pré-embriões de boa qualidade que serão transferidos, posteriormente, para a cavidade uterina.

Mesmo após a menopausa, é possível que as mulheres engravidem com intervenção médica. A gravidez da mulher foi monitorada de perto para segurança da saúde da mãe e da criança.

Ela amamentou o bebê por três meses e agora diz que sente que sua vida está completa e que ela está cheia de energia para cuidar da criança. Para celebrar o primeiro aniversário de Armaan, os pais planejaram levá-lo ao Templo Dourado em Amritsar. Eles descrevem o filho como uma bênção de Deus e oram pela saúde e futuro dele.

Veja também