Chapadão do Sul
tjms
(67) 99826-0686

Dia dos namorados: Casal prova que amor pode nascer no Tinder

Aplicativo é conhecido por reuniar a galera da 'pegação', mas já juntou vários casais pelo mundo. Em Campo Grande, achamos um deles

12 JUN 2017
Kerolyn Araújo
09h31min
Tati e Gabriel em um dos passeios em MS Foto: Arquivo pessoal
algo-mais-interna1
Victor Hugo - 28 anos

Você acha que é possível arrumar um amor no Tinder? O aplicativo, que é conhecido por reunir a galera que está afim da 'pegação', apesar do preconceito e da má fama, já juntou vários casais e, hoje, no dia mais apaixonado do ano, o TopMídia News conta a história de um deles.

A publicitária Tatiane Lavor, 22 anos, é quem conta como começou a história de amor com o estudante de medicina, Gabriel Begotto, 20 anos. Segundo Tati, como é conhecida pelos amigos, não foi fácil conhecer uma pessoa legal no Tinder. ''Eu estava de saco cheio do aplicativo porque não tinha gente divertida, diferente, os caras sempre falavam a mesma coisa, a mesma conversa de sempre. Eu não queria procurar nada ali, estava mais pra conhecer gente nova. Eu estava naquela vidinha de balada", contou. Já Gabriel, estava querendo companhia legal para conversar e sair.

Interessada no bom papo do estudante, Tati logo pediu o WhatsApp do rapaz porque queria excluir o aplicativo do celular. ''A nossa conversa começou sem pé nem cabeça, mas é a conversa que nunca mais acabou!", disse. No mesmo dia, o casal marcou e sair e já rolou o primeiro beijo. "Fomos para uma tabacaria e depois ficamos até às 4h conversando dentro do carro. Falamos sobre tudo, ouvindo músicas boas. Eu fui falando que gostava de viajar, acampar, aventura. É clichê, mas foi natural, como se a gente se conhecesse há muito tempo".

(Apaixonados por viagens e fotografia, casal fez fotos lindas em um passeio em Gramado. Foto: Arquivo)

Exatamente um mês depois da primeira conversa, Gabriel pediu Tati em namoro escrevendo o pedido em um pedaço de guardanapo, citando uma frase do filme preferido da publicitária. E, claro, a resposta foi sim. ''Eu achava impossível achar o amor da minha vida no Tinder", afirmou.

Há um ano e dois meses juntos, Tati e Gabriel fazem planos de uma vida juntos e, sempre que podem, estão viajando. ''Já vimos o sol nascer, as estrelas, acampamos em um morro, fomos em várias cachoeiras, visitamos o sul, 'turistamos' no Rio de Janeiro'', detalhou. O amor por viagens e fotografia fez o casal se tornar sócios na Alegoria Fotografia. ''Nós dois fotografamos e editamos com muito amor! Sempre rola algumas discordâncias, mas é normal", disse aos risos.

''Temos uma lista longa de viagens a fazer, mas temos lembranças incríveis das que já fizemos juntos! Ele é meu melhor amigo, meu parceiro pra tudo, de filme em casa à balada lotada de sertanejo que ele começou a ouvir mais por minha causa, estamos juntos pra tudo!'', finalizou.

algo-mais-interna2
nando viana

Veja também