FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
word wine - almoco japones 2

Do Carnaval para vida toda: casal se conhece no Cordão Valu e oficializa união dois anos depois

Rogéria e Bruno se conheceram no sábado de Carnaval e engataram namoro na quarta-feira de cinzas

3 DEZ 2017
Dany Nascimento
13h30min
Foto: Arquivo pessoal

E quem disse que amor de Carnaval dura apenas uma noite ou começa no sábado e termina na quarta-feira de cinzas? Além de levar alegria para aqueles que procuram diversão, o Cordão Valu também serviu de cupido e flechou corações que hoje em dia se classificam como 'mais apaixonados do que nunca'.

É assim que a professora Rogéria Castro Costa Pironato, 48 anos, conta a história de amor que começou no Carnaval e continua firme e forte desde 2015. Rogéria relembra que conheceu Bruno Neiffe Pironato em uma noite de Carnaval do Cordão Valu, através de um amigo em comum.

“Foi no Carnaval de 2015, eu cheguei e ele ainda não tinha começado. Ele estava com um amigo meu conversando e meu amigo ficava pedindo que ele fosse buscar a flauta, mas ele não queria ir. Depois ele foi e eu continuei ali. Daí mais tarde, eu o vi atrás do trio e o acompanhei. Mais uma vez ele sumiu no meio dos foliões e eu continuei na festa. Mais tarde eu o encontrei e ficamos juntos”, diz a professora.

Rogéria destaca que os dois ficaram juntos, mas a bolsa com instrumentos de Bruno, que é músico desapareceu. “A bolsa dele sumiu, daí ele ficou bem chateado e acabou indo embora. Os instrumentos estavam dentro da bolsa, ele ficou muito chateado e não é para menos. Eu tinha passado o telefone para ele, mas não sabia se ele realmente iria me ligar”.

Três dias depois, na quarta-feira de cinzas, Bruno ligou para Rogéria e os dois começaram a namorar no último dia de Carnaval. “Ele me ligou, daí nos encontramos novamente e começamos a namorar. Pouco tempo depois ele veio morar comigo, foi tudo muito rápido, parecia que a gente se conhecia já, de tantas coisas que tínhamos em comum, existia também uma atração muito forte”.

O amor de Carnaval foi oficializado no cartório em agosto deste ano e a professora relembra que a diferença de idade assustou o namorado no início. “Quando eu disse minha idade ele não acreditou, achou que eu estava brincando, ficou um pouco assustado. Em todas as conversas percebíamos o quanto tínhamos em comum, eu amo jardinagem e ele também. Ele é músico, faz faculdade de música, toca violão, flauta. Esse ano resolvemos nos casar no cartório e em agosto oficializamos nossa união”.

A professora ressalta ainda que Bruno não tinha muita paixão por noites carnavalescas, mas agora se tornou membro do Cordão Valu e reserva uma fantasia para participar das festividades realizadas pelo grupo. “Ele não gostava muito de Carnaval, nunca foi muito de ir, mas agora participamos todos os anos. No primeiro ano ele não tinha fantasia, agora ele vai fantasiado e nos divertimos muito”.

Aniversário Cordão Valu

O Cordão Valu comemora 11 anos de existência no dia 2 de dezembro com o ‘Baile de Carnaval’, que será realizado no Rádio Clube em Campo Grande. Os ingressos já podem ser adquiridos e custam R$ 15 antecipado. As vendas são feitas na portaria do Rádio Clube, no Centro, de segunda a sexta em horário comercial e no Bar da Valu, que fica  na Rua 13 de Maio, 4541, no São Francisco.

Mas se você quer reservar mesas para quatro pessoas, o ingresso custa R$ 140. As reservas devem ser feitas diretamente com a Silvana Valu, principal fundadora do Cordão através do celular 99211-8734. De acordo com a organização do evento, 69 mesas foram disponibilizadas.

Para animar o Baile com sambas e marchinhas, já estão confirmadas as seguintes atrações: Valu Samba Trio. Orquestra Vai Quem Vem, Chokito Sambista, Luiz Café, Juci Ibanez, e Alba Lessa e o Grupo Projeto na Cartola, ambos de Três Lagoas. O uso de fantasias não é obrigatório.

O dinheiro arrecadado com a venda de ingressos e mesas será revertido ao Cordão Valu, para custear os gastos que o grupo tem, com objetivo de colocar o Cordão na rua, nas duas apresentações que realiza gratuitamente, no sábado e na terça-feira de Carnaval.

Veja também