(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Slackline: o prazer de andar na corda bamba

Esporte

15 NOV 2013
Marithê Lopes
13h10min
Foto: Divulgação

Basta andar pelos parques e praças da cidade para ver uma galera se equilibrando numa fita amarrada entre duas árvores. Uma corda e muito equilíbrio. Assim pode ser definida a nova mania campo-grandense, o Slackline. Os praticantes se arriscam a andar na corda bamba.

 

O provérbio "andar na corda bamba" normalmente significa uma situação incômoda, perigosa ou com sério risco de dar errado, mas, no Slackline isso não tem nada de errado. Literalmente, o termo vem das apresentações circenses, em que artistas se equilibram sobre um fio a metros do chão. Um grupo de esportistas, porém, transformou o risco em diversão. A prática ganhou vida e nome próprios e, agora, vem conquistando grupos de adeptos em Campo Grande.


A prática ainda é desconhecida para boa parte da população e quem passar, por exemplo, nos parques nos fins de semana, pode até estranhar turmas tentando se equilibrar sobre uma fita amarrada a duas árvores. São os praticantes do Slackline que usam locais que unem a natureza ao espaço urbano para treinar.

 

André Cirilo, 22 anos, se sentiu atraído pelo esporte vendo os amigos da faculdade praticar o slackline. “Comecei a treinar com os meus amigos, no começo foi muito difícil, porém com o tempo você vai aprendendo a controlar o peso do seu corpo e a ter o equilíbrio sobre ele”, confessa André.

 

Sobre o esporte

O Slackline é fruto da geração dos anos 80, no auge do sucesso de Michael Jackson e do emocionante filme de Spielberg, ET. Iniciou-se nos campos de escalada do Vale de Yosemite, EUA. Os escaladores passavam semanas acampando em busca de novas vias de escalada, e nos tempos vagos, esticavam suas fitas de escalada com ajuda de equipamentos para se equilibrar e caminhar. Slackline significa linha folgada, também é conhecido como corda bamba.

 

O Slackline é um esporte de equilíbrio sobre uma fita de nylon, estreita e flexível. Lembra os espetáculos circenses onde malabaristas se equilibram nas alturas segurando vara ou guarda-chuva? A diferença é que a corda fica numa altura de aproximadamente 30cm do chão. Outro ponto positivo é que por ser mais flexível permite criar saltos e manobras inusitadas. E não precisa segurar nada não. A orientação é deixar os braços para cima e buscar um ponto de equilíbrio com o olhar.

 

O Slackline é indicado para todas as idades. Desde crianças a partir de cinco à adultos com 80 anos. Muitos escaladores, skatistas e surfistas praticam o Slackline como uma forma divertida de treinar seu esporte, já que os movimentos e músculos usados são semelhantes aos realizados no Slackline. O esporte possui muitos benefícios físicos e também mentais. Destacamos o equilíbrio, concentração, consciência corporal, velocidade de reação e coordenação.

 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: DivulgaçãoFoto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Veja também