(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Após funcionário cair de 10 metros, Semadur apura legalidade de painel em condomínio de Campo Grande

Vítima foi levada para a Santa Casa com suspeita de politraumatismo

9 JAN 2019
Thiago de Souza
19h37min
Autorização para painel precisa ser renovada Foto: Wesley Ortiz

A queda de um funcionário, a 10 metros de altura, que colocava painel publicitário dentro do Residencial Damha, em Campo Grande, motivou a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano a apurar a legalidade da estrutura dentro do local.

A secretaria garante que realiza fiscalização desse tipo de trabalho na cidade, mas que é preciso consultar se a documentação está regular. O titular da pasta, Eduardo Costa já está ciente do caso.

De acordo com um profissional que atua há 30 anos na área, para instalar um painel do tipo do que ocorreu o acidente é preciso pedir autorização da prefeitura.

''Tem que ter o projeto assinado por um engenheiro arquiteto, com detalhes desde a fundação e descrição detalhada de altura, tamanho. Inclusive há limites para altura'', observou o funcionário.

''Já ocorreu de paineis tombarem aqui em Campo Grande'', relembrou. O trabalhador fala ainda dos itens de segurança para atuar nesse ramo.

''O trabalhador tem que ter cinto de segurança, usar luvas, capacete e tem de ter um curso específico'', lembrou.

Sobre a regularidade da colocação de paineis dentro de residenciais ele aponta que é preciso consultar, mas não basta somente ter autorização única, ''é preciso renovar anualmente e na hora de fazer isso, tem de ter o projeto em mãos com descrição detalhada da estrutura''.

Acidente

O trabalhador fazia manutenção/instalação da estrutura, que fica dentro do residencial, na avenida Marquês de Pombal, na BR-262, saída para Três Lagoas.

Equipe de resgate do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu a vítima e o encaminhou para Santa Casa para atendimento médico. Informações são de que o trabalhador teve  politraumatismo.  

 

Veja também