(67) 99826-0686
ALMS NOVEMBRO/ DEZEMBRO

Com pagamento atrasado, médicos da Santa Casa ameaçam paralisação

A categoria afirma que os profissionais estão sem repasses do SUS desde 20 de junho

14 SET 2018
Dany Nascimento
10h58min
Foto: Wesley Ortiz

Com quase três meses de salários atrasados, os médicos autônomos da Santa Casa de Campo Grande ameaçam cruzar os braços nos próximos dias, já que estão sem receber desde o dia 20 de junho de 2018 diante dos procedimentos realizados no SUS (Sistema Único de Atendimento).

A AMESC – CG (Associação dos Médicos da Santa Casa de Campo Grande) pediu para o Ministério Público Federal a instauração de inquérito civil sobre a falta dos repasses, documento que foi remetido também ao Ministério Público do Trabalho. No pedido, a Associação afirma que a Santa Casa não encaminhou nenhum tipo de explicação sobre a falta de pagamento.

No documento, a categoria informa ainda que existe possibilidade de paralisação, mas não especifica uma data para o início. O TopMídiaNews tentou contato com o presidente da AMESC - CG, Alex Cunha, mas não houve retorno. 

Santa Casa

A reportagem ainda entrou em contato com a assessoria de imprensa da Capital, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta foi encaminhada.  

Veja também