(67) 99826-0686

Curso de capacitação para a aprovação de projetos do programa Aprove Fácil será realizado na Capital

O curso será realizado na próxima terça-feira no Centro de Educação Ambiental Polonês

9 SET 2017
Dany Nascimento
16h48min
Foto: Reprodução

Um curso de capacitação para a inserção de processos no Programa Aprove Fácil será realizado na próxima terça-feira (16), pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), no Centro de Educação Ambiental Polonês.De acordo com a prefeitura, a iniciativa visa auxiliar profissionais e empresas na elaboração de projetos arquitetônicos tendo em vista a alteração de procedimentos da Caixa Econômica Federal (CEF), em relação ao financiamento de imóveis,  pelo programa Minha Casa Minha Vida.  

As inscrições serão realizadas no local. Para que os profissionais estejam preparados para as mudanças que começam a ser implantadas a partir de julho deste ano, a secretaria encaminhou às entidades de classe o convite da capacitação orientando sobre a importância do curso. Durante a capacitação serão apresentadas as ferramentas disponibilizadas pela Semadur que oferecem agilidade e eficiência nos serviços de análise e emissão de alvarás de construção concedidos pela secretaria.

Os técnicos da gerência de fiscalização de controle urbanístico pretendem detalhar as informações referentes às análises dos processos residenciais multirresidenciais que compreendem entre duas e cinco unidades habitacionais. As análises passarão a ter a seguinte prioridade: primeiro os processos que forem protocolados no Programa Aprove Fácil até a data de 22 de maio de 2017, em seguida os processos já protocolados no Programa Aprove Fácil até a data de 31 de maio 2017 e depois os processos com, no máximo, uma reanálise no Setor de Triagem da Semadur e uma reanálise no Setor de Análise.

Na capacitação, as equipes também pretendem alertar sobre prazo, destacando que os processos que necessitarem de correções, por parte dos profissionais, deverão ser devolvidos corrigidos no prazo máximo de 24 horas após o envio das exigências na primeira análise realizada por técnicos da Semadur. O prazo é uma exigência da Semadur para que os processos ganhem agilidade.

 

 

Veja também