festival de reggae
erro medico
(67) 99826-0686

Com salários atrasados, enfermeiros da Santa Casa paralisam atividades por tempo indeterminado

Santa Casa alega que os repasses da prefeitura ainda não foram efetuados

11 SET 2017
Da Redação
11h00min

Devido atraso no pagamento dos salários, os profissionais da enfermagem da Santa Casa de Campo Grande paralisaram as atividades por tempo indeterminado nesta segunda-feira, 11 de setembro, como forma de pressão para que seja depositada a folha salarial referente a agosto. 70% dos profissionais da enfermagem cruzarão os braços para pressionar pelo pagamento de suas remunerações.

O motivo do atraso salarial, segundo a Santa Casa, é que os repasses das verbas financeiras pela prefeitura municipal de Campo Grande e governo do Estado ainda não foram efetuados. O presidente do SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Lázaro Santana, explica que a paralisação é a alternativa encontrada pela categoria diante de tanto descaso com os trabalhadores.

“Desde dezembro de 2016 estamos enfrentando este problema que resulta principalmente pelo entrave entre hospital e prefeitura. Em todo este tempo já nos manifestamos, cobramos a resolução, mostramos nossa indignação, no entanto, os atrasos continuam mês a mês, nada é feito para evitar este constrangimento. Somos trabalhadores e temos famílias, mais do que os nossos salários, exigimos respeito”, destaca Lázaro.

Câmara Municipal

Em agosto, centenas de profissionais da Santa Casa estiveram na Câmara Municipal e cobraram um posicionamento e até mesmo intervenção dos vereadores para solucionar a questão tendo em vista que não apenas os trabalhadores, mas toda a sociedade é penalizada com os atrasos e embates entre hospital e município. “Até agora, um mês depois, não recebemos respostas”, lamenta Lázaro Santana.

Veja também