zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Editais do Fmic e Fomteatro poderão passar por auditoria

Prefeitura anunciou o calote dos editais de 2014 e 2016

10 FEV 2017
Da Redação
12h11min
Foto: Divulgação

Em reposta aos questionamentos feitos pelo Fórum Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Cultura a respeito dos pagamentos dos editais do FMIC (Fundo Municipal de Investimento Cultural) e Fomteatro (Programa Municipal de Fomento ao Teatro) lançados em 2016, a Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) solicitará ao prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad que as publicações passem por uma auditoria.

A decisão foi tomada nessa quarta-feira (08) após reunião da secretária Nilde Brun com representantes dos colegiados no auditório da Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano).

“Assim que assumimos a secretaria tivemos uma reunião com o Fórum e com o Conselho a respeito desses editais. Busquei saber o que poderia ser feito para solucionar o problema, porém, não poderemos ir adiante com os editais pelo fato de os empenhos terem sido anulados no fim do ano passado”, observou Nilde Brun, titular da Sectur.

Com a instauração da auditoria a secretaria, bem como a classe artística, saberá o que causou o cancelamento dos empenhos dos editais, tendo em vista que os artistas se queixam de terem levado prejuízo. A auditoria, se autorizada pela Prefeitura, será realizada por uma equipe da Controladoria do Município.

Ainda durante a reunião foram apresentadas proposições para contemplar projetos culturais de Campo Grande ainda este ano. Entre elas está a abertura de novos editais, prevista para ocorrer no mês de março, e a realização da Conferência de Cultura, previsto no Plano Municipal de Cultura.

Veja também