(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Funcionando há três meses, Hospital do Trauma recebe elogios de pacientes: 'uma benção'

Pacientes internados no hospital elogiam tratamento e zelo da equipe médica

12 JAN 2019
Nathalia Pelzl
09h30min

Os pacientes que recebem atendimento do Hospital do Trauma em Campo Grande estão satisfeitos com o serviço prestado no local. Segundo eles, o hospital está focando em atendimento humanizado e a agilidade no atendimento está sendo o diferencial.

Adelia Rodrigues de Matos, 61 anos, se acidentou no dia 29 de dezembro, enquanto seguia na sua Biz e caiu em um buraco na Rua Albert Saibin. Ela conta que operou no mesmo dia e que o médico que prestou atendimento foi um anjo enviado por Deus. Ela teve fratura no joelho e braço.

“Fui muito bem atendida, foi maravilhoso, eu fui operada do joelho no mesmo dia, era pra ficar oito dias com o joelho suspenso para poder operar, mas daí apareceu um anjo e me operou no mesmo dia. A questão do atendimento e agilidade era o que mais preocupava minha família. Esse hospital é uma benção para Campo Grande”, comenta.

Religiosa, ela acredita que o acidente talvez tenha sido um livramento de Deus, já que viajaria de carro para região sul do país.  Adélia conta ainda que andava de moto há 8 anos e nunca havia sofrido um acidente, e que agora não quer saber do veículo nunca mais.

Outro paciente que está internado no hospital para realização de procedimentos cirúrgicos é o Clayton Pereira Santana, 29 anos, trabalhador rural de Coxim. Ele se acidentou no dia 24 de dezembro e foi transferido para o hospital da Capital devido à estrutura e suporte necessário para os procedimentos.

“Eu estava de moto com meu primo, passei em um quebra-molas e  fui olhar o retrovisor, ele puxou a moto, fui desviar de um buraco e bati em uma caçamba de lixo que estava sem sinalização. Tive um corte na perna, fratura exposta no pé, e agora estou aguardando para operar o tornozelo”, comenta.

Ele conta que ali o atendimento está sendo impecável, que todo mundo é atencioso, e que agora é só ter paciência e aguardar a recuperação.

Diferente de Adélia, ele pensa até em comprar uma motocicleta maior, de 300 cilindradas.

Hospital 

O Hospital do Trauma começou a funcionar em Campo Grande em setembro de 2018, a unidade foi lançada em 1990, e precisou passar por diversas alterações até o seu lançamento. Antes, o local seria uma maternidade, no entanto, devido à necessidade, virou uma extensão da Santa Casa para atender a demanda de ortopedia.

No local são 110 leitos de enfermaria, sendo que 51 estão em pleno funcionamento, 18 de observação e 10 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), além de cinco salas de cirurgias e duas salas de pequenos procedimentos. De setembro a dezembro cerca de 2.928 pacientes passaram pelo local, foram mais de 387 cirurgias em pacientes, e 800 procedimentos cirúrgicos.

Veja também