FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
word wine - almoco japones 2

Loja que não entregou móveis e não quis devolver dinheiro vai pagar R$ 5.479 a cliente

Foram quatro produtos que custaram R$ 1.479,60

4 AGO 2017
Thiago de Souza
17h45min
Etna foi condenada a pagar R$ 5.479 de indenização Foto: Home Decore

A loja de móveis Etna, em Campo Grande, foi condenada a indenizar uma cliente em R$ 5.479,60 por atrasar a entrega de quatro produtos, no valor de R$ 1.479,60. A decisão é do juiz Maurício Petrauski, da 9ª Vara Cível de Campo Grande.

Consta no processo que, em abril de 2014, a cliente fez o pedido de uma mesa normal, mesa de canto, um nicho e uma estante a fim de criar uma sala de estudos para as duas filhas em idade escolar.  

Segundo a consumidora, a loja disse que a entrega seria em 9 de junho daquele ano, mas, poucos dias antes, foi avisada por telefone que a entrega havia sido adiada para julho. A empresa também teria dito a ela que a entrega dos móveis seria parcial, e diante disso a mulher recusou, dizendo que isso não atenderia suas necessidades.

A mulher então, pediu o dinheiro de volta, mas  a loja não quis cancelar os pedidos. A Etna reconhece que adiou o prazo de entrega de 2 de junho para 28 de julho, e que faltou apenas um móvel, mas a cliente não aceitou.

A loja disse ainda que ofereceu outros produtos na empresa ou crédito no estabelecimento, o que também foi recusado pela cliente.

O juiz, em sua decisão, disse que o caso ultrapassou a esfera do mero aborrecimento já que a empresa, não tendo o produto a disposição no prazo que prometeu, já deveria ter resolvido a situação devolvendo o dinheiro, ao invés de forçar a entrega, que sabidamente não era mais desejada.

Veja também