(67) 99826-0686
HPV - OUTUBRO

Motorista de caminhão morre em hospital após batida com carreta

Os médicos tentaram reanimar a vítima, mas ela não resistiu

9 AGO 2018
Anna Gomes
09h35min
Foto: Wesley Ortiz/ Arquivo

Alfredo Braga de Morais, 32 anos, morreu na noite desta quarta-feira (8), na Santa Casa de Campo Grande. Ele era motorista de um caminhão que foi arrastado por cerca de 50 metros após uma batida contra uma carreta, na tarde de ontem, na MS-040, logo após a escola agrícola, em Campo Grande.

Conforme a assessoria de imprensa do hospital, o paciente chegou em estado grave na Santa Casa e os médicos realizaram um procedimento de emergência, tentaram reanimar a vítima, mas o homem  não resistiu e acabou morrendo.

Na tarde de ontem, uma carreta que seguia no sentido Campo Grande/Santa Rita do Pardo bateu na traseira de um caminhão especializado em sinalização de estradas, que realizava o mesmo percurso e era dirigido por Alfredo.

A princípio, o motorista da carreta teria sinalizado que iria fazer a ultrapassagem, mas durante a manobra, Morais também decidiu mudar para a faixa da esquerda, quando ocorreu a colisão. Por causa do impacto, o caminhão foi arrastado por cerca de 50 metros e a carreta tombou na pista.

Alfredo ficou em estado grave, mas foi levado ao hospital ainda com vida. Já o passageiro do caminhão e o motorista da carreta tiveram escoriações, mas nada muito grave.

No local, houve recapeamento recente e a sinalização está incompleta, sem divisão entre as faixas, o que pode ter colaborado com o acidente.

Veja também