(67) 99826-0686
Doacao orgaos - outubro

Paciente com paralisia aparece com fraturas na perna em CTI e família suspeita de erro de hospital

Santa Casa disse que abriu procedimento investigatório

16 FEV 2018
Thiago de Souza
07h00min
Santa Casa vai apurar fratura em deficiente no CTI Foto: TopMidiaNews

Um adolescente de 17 anos, tetraplégico e incomunicável, apareceu com fratura e luxação nas pernas, dentro do CTI da Santa Casa, em Campo Grande. A família do rapaz quer saber o que aconteceu e acredita em descuido de profissionais do setor.

O rapaz deu entrada na Santa Casa há dez dias. Conforme o hospital, ele que é acometido de paralisia total, chegou à unidade para trocar uma traqueostomia, ocasião em que foi descoberta uma fístula no organismo dele.

Desde então, o jovem ficou internado na CTI. Na segunda-feira (12), a família foi avisada sobre uma fratura em uma perna e luxação em outra. Os parentes dizem que o hospital ainda não deu posição sobre o que pode ter ocorrido. Todos estão preocupados com o paciente, já que ele não come sozinho e tem outras restrições.

Por conta de estar no CTI, o paciente só pode receber visitas de 30 minutos. Por isso a família não pode dizer o que aconteceu. Outra reclamação dos familiares é o fato das pernas do jovem terem sido engessadas somente nesta quarta-feira (14).  

A denúncia ao TopMidiaNews ocorreu, segundo o tio do jovem, para que outras famílias não passem por isso. Os responsáveis pelo jovem prometeram pegar a radiografia e levar à delegacia de polícia. 

Investigação

Conforme a Santa Casa de Campo Grande, um procedimento investigatório foi aberto na ouvidoria do hospital para apurar o que aconteceu.

O paciente, informa o hospital, apresenta debilidade óssea, com osteoporose e artrose e pode ser que um manuseio de mau jeito possa ter causado algum problema. ''Mas tudo será investigado e esclarecido'', diz a unidade de saúde.

Veja também