re9
lalu kids
(67) 99826-0686

Paciente tem exame negado e reclama de problemas em UBS; prefeitura nega

Prefeito garante que Patrícia foi vítima de pessoas 'mal intencionadas'

15 OUT 2016
Dany Nascimento
18h10min
Foto: Geovanni Gomes

Revoltada com a tentativa de obter os resultados de exame de sangue que fez no UBS 26 de agosto no mês de setembro e apenas receber a informação de que o sangue foi descartado por falta de reagentes, Patrícia Vieira procurou o TopMídiaNews e relatou que está enfrentando um caos com a saúde pública do município.

A paciente explica que no início do mês de setembro deste ano, procurou a unidade com o pedido de coleta de sangue em mãos e após realizá-lo, nunca conseguiu os resultados. "Eu procurei a unidade com o pedido de exame em mãos no dia 9 de setembro, a coleta de sangue em mãos e nos deram a data que o exame estaria pronto, que seria no dia 30 de setembro, 21 dias depois. Quando cheguei ao posto para buscar, fui informada que o resultado não estava pronto e voltei para a minha casa. Esperei passar o final de semana e na segunda-feira, voltei na unidade e fui informada que não estavam prontos, como eu preciso muito dos resultados porque vou passar por procedimento cirúrgico, insisti e a recepcionista me disse a verdade, que eles não estavam entregando resultados por falta de reagentes. O sangue que eles colheram havia sido descartado".

Diante disso, Patrícia entrou em contato com laboratório central, que pediu que um novo exame fosse realizado, porém, o resultado não saiu. "Fiz um novo exame de sangue, mas o resultado não saiu de novo. Falei no laboratório central com uma mulher identificada como Beatriz, que deixou claro que eu não teria em mãos o resultado porque os bioquímicos estavam sem receber e depois que o prefeito Alcides Bernal perdeu as eleições, o serviço havia sido suspenso por falta de reagentes e não teria previsão para voltar a funcionar, já que ele perdeu as eleições".  

Patrícia destaca que necessita dos resultados com urgência. "Eu tenho que ficar implorando para ter um resultado de exame em mãos, me disseram ainda que se eu não fosse buscar o exame, eles iam descartar novamente. Me pediram para entrar em contato com o Estado, porque no município não estão fazendo. Agora eu tenho que tentar pedir para o Estado, depois de tentar por dois meses no município, sendo que preciso retornar ao médico com rapidez".

O TopMídiaNews entrou em contato com o prefeito Alcides Bernal (PP), que alegou que as informações que foram repassadas para a paciente não procedem. "Isso é mentira, isso vem de pessoas mal intencionadas, eu não estou na administração pensando em questões eleitorais, estou pensando na Capital e isso não é verdade. Estamos realizando todos os exames normalmente, esse é um caso que chega ao nosso conhecimento, mas tem outras pessoas que passam por isso e acabam sendo vítimas de gente mal intencionadas. Já vamos resolver essa questão".

Após dialogar com o prefeito Alcides Bernal, o secretário adjunto de saúde Vitor Rocha garantiu que o caso de Patrícia seria solucionado e voltou a destacar que não existem falta de reagentes no laboratório central. "Isso não procede, nós já vamos resolver esse problema que a Patrícia relata, todas as unidades de saúde estão fazendo a coleta de sangue normalmente, assim como outros exames e tudo está em perfeito funcionamento, independente de questões políticas. Se ela teve algum tipo de problema, ele será solucionado".

Veja também