informe leilão
dr. hernia
(67) 99826-0686

Por contenção de gastos, prefeitura fecha unidade do Instituto Mirim

Unidade II localizada no Carandá Bosque foi desativada

19 JUN 2017
Airton Raes e Rodson Willyams
13h15min
Foto: Rodson Willyams

A Prefeitura de Campo Grande fechou a unidade II do Instituto Mirim, localizada no Carandá Bosque. Os alunos foram transferidos para a unidade do Centro. O prefeito da Capital, Marcos Marcello Trad (PSD), confirmou a desativação da unidade e explicou que foi por motivos de contenção de gastos. “O prédio atual era ocupado apenas em 20% ao custo de R$ 11 mil mensal, mesmo sendo de propriedade da prefeitura”, disse.

Marquinhos afirmou que não irá ocorrer demissão de funcionários e que todos serão adaptados nas instalações do Instituto Mirim na região central da Cidade. “A Prefeitura fez uma pesquisa e viu que a Unidade do Mirim no Centro tem como comportar os profissionais e alunos do Carandá”, disse. Entretanto, não informou qual será a nova ocupação do Prédio no Carandá Bosque.

Na manhã desta segunda-feira, alunos do Instituto Mirim da Unidade do Carandá Bosque foram surpreendidos com o fechamento da Unidade, sem aviso prévio, e foram redirecionados para a unidade Central. A primeira-dama Tatiana Trad é a presidente do Comitê gestor de apoio a comunidade do Instituto Mirim. 

Veja também