(67) 99826-0686

Prefeitura inicia etapa 'D' de obras no Complexo da Mata do Jacinto na Capital

O município irá implantar uma nova via no Parque dos Poderes

9 NOV 2017
Da redação / PMCG
07h55min
Foto: Reprodução / PMCG

A Prefeitura de Campo Grande começou a implantar uma rua, com aproximadamente 400 metros de extensão, que ligará, em sentido diagonal, a Avenida Mato Grosso (perto da rotatória com a Hiroshima) com a Rua Desembargador Leão Neto do Carmo. A área de intervenção, de 1,5 hectare, fica fora do perímetro do Parque Estadual do Prosa e foi doada ao Município pelo Estado para servir de traçado a nova via.

A Avenida Parque dos Poderes vai encurtar o trajeto de acesso à Vila Nascente e a uma série de repartições públicas localizadas no Parque dos Poderes, como a Receita Federal, Tribunal Regional do Trabalho, cartórios eleitorais e o campus da Uniderp  Agrárias.

Hoje, para fazer este percurso é necessário fazer a rotatória da Mato Grosso com a Hiroshima e seguir até a Rua Jamil Naglis para chegar ao seu prolongamento, onde recebe o nome de Desembargador Leão Neto do Carmo.

A obra faz parte da “etapa D” do Complexo Mata Jacinto, que abrange  pavimentação, drenagem, recapeamento, além de obras de controle de enchente  e construção de uma bacia de contenção com capacidade para 22 mil metros cúbico.  Estão sendo investidos R$ 13,7 milhões, incluindo uma contrapartida de R$ 3,5 milhões, garantida numa parceria do Governo do Estado com a Prefeitura.

A obra tem licenciamento ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), que exigiu  limite de velocidade de 30 quilômetros por hora (controlada por equipamentos eletrônicos), além de sinalização de advertência sobre a passagem de animais silvestres. Como medida compensatória pela remoção de árvores, a Semadur  cobrou o plantio de 1.705 mudas de grande porte e o transplante de um pé de pequi.

Recapeamento e drenagem

Nesta etapa do Complexo Mata do Jacinto etapa D estão programadas nove frentes de recapeamento. Já foi recuperado o pavimento da Rua Antônio Maria Coelho, numa extensão de 2,4 quilômetros; trechos da Avenida Hiroshima e das ruas Aracruz e Santa Luzia. Ainda está programado o recapeamento da Avenida Mato Grosso (entre as ruas Ingazeiro e Ceará).

Também estão previstos os mesmos serviços, antecedidos  de implantação de drenagem, na Avenida Desembargador Leão Neto Carmo (acesso à Receita Federal, dentre outras repartições); Rua Rio Claro (que hoje tem pavimento de bloquete e receberá drenagem); Rua da Academia e ruas do Diário e Delegado Carlos Roberto Bastos de Oliveira.

Veja também