FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
Word Wine - almoco japones

Prefeitura publica editais de seleção de empreendedores para incubadoras

Documentos são direcionados a duas das quatro incubadoras municipais

7 OUT 2017
Da redação / PMCG
10h44min
Foto: André de Abreu / Arquivo

Empresas ou empreendedores interessados em participar do Sistema de Municipal de Incubação de Empresas (SMIE) oferecido pela Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio (Sedesc), poderão consultar os editais publicados na edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) da última quinta-feira (5). Os documentos são direcionados a duas das quatro incubadoras municipais – a Incubadora Mário Covas e Incubadora Norman Edward Hanson.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia, Luiz Fernando Buainain destaca que desde o início da administração do prefeito Marquinhos Trad está sendo realizadas ações para manter as incubadoras em atividade. “Temos equipe especializada cuidando desse trabalho, acompanhando a manutenção dos espaços físicos e agora estamos estimulando novos empreendedores a se fixarem nas incubadoras”, disse o secretário.

O intenção é permitir, através das incubadoras, que novos empreendedores e pequenas empresas da Capital tenham oportunidades de mercado. Para Buainain, os editais de chamamento são mais um passo importante para resolver essa questão da ocupação das incubadoras. “Esse programa de apoio a empreendimentos inovadores busca contribuir com o empreendedorismo e desenvolvimento sustentável da comunidade. Esse é um dos pilares do planejamento estratégico da Sedesc e esperamos resultados positivos nos próximos meses”, completa o secretário.

Incubadoras

A Incubadora Mário Covas, voltada para o segmento de confecção têxtil, tem atualmente uma empresa incubada. A Norman Edward Hanson, do segmento de alimentos, conta com três empresas incubadas produzindo mel, pães e doces, e chás. A prefeitura está constituindo equipes para dar andamento ao trabalho de manutenção das demais incubadoras: a do Zé Pereira, voltada para o segmento de artesanato, e a Francisco Giordano Neto, do segmento tecnológico.

A chefe da Assessoria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedesc, Edna Antonelli explica que os empreendimentos incubados recebem da prefeitura, através da Sedesc, apoio gerencial e técnico, infraestrutura, qualificação, assessoria e consultoria nas áreas de desenvolvimento empreendedor, financeiro, mercado, tecnologia e gestão, além de oferecer aos incubados uma rede de contatos.

“Em breve teremos outro cenário relativo ao trabalho das incubadoras. Os resultados positivos devem começar a surgir com a chegada de novos incubados e com as ações que estão sendo preparadas para o desenvolvimento desses importantes espaços destinados a novos empreendedores”, concluiu Edna Antonelli.

Veja também