re9
lalu kids
(67) 99826-0686

Prefeitura reajusta contrato de empresa envolvida na Lama Asfáltica e tapa-buraco fantasma

Contrato foi elevado para R$ 4,9 milhões, conforme Diário Oficial

24 NOV 2016
Airton Raes
07h00min
Foto: Arquivo Top Mídia News

A Prefeitura de Campo Grande reajustou contrato com a Selco Engenharia Ltda. A empresa é suspeita de envolvimento em diversos escândalos em Mato Grosso do Sul, incluindo a Operação Lama Asfáltica e o tapa-buraco fantasma.

O extrato do sexto termo aditivo foi publicado no Diário Oficial de campo Grande desta quarta-feira, 23 de novembro, referente ao primeiro reajustamento ao contrato nº 59 de 2012, entre a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação e a Empresa Selco Engenharia Ltda.

O contrato foi reajustado para R$ 4.919.480,04 devendo retroagir seus efeitos financeiros a partir de abril de 2015, em decorrência do reajuste contratual..As demais clausulas do e condições contrato foram ratificadas, desde que não conflitem com o presente instrumento.

A empresa é alvo de duas investigações. Na primeira, Lama Asfáltica, teve, junto com Nelsinho Trad (PTB) e mais 20, R$ 315 milhões bloqueados pela Justiça. Em outra, o escândalo do 'buraco fantasma', que acabou ganhando destaque nacional e rendendo à Prefeitura Municipal inquéritos no Ministério Público Estadual para investigar a "farra" com a verba pública.

Bloqueio

Com o bloqueio de R$ 315.891.321,37 determinado pela Justiça de Mato Grosso do Sul em razão da Operação Lama Asfáltica, os investigados tiveram seus bens e veículos bloqueados que estão proibidos de serem transferidos ou vendidos. A decisão foi tomada pelo juiz Marcelo Ivo de Oliveira, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, atendendo um pedido da Força Tarefa do Ministério Público Estadual.

Veja também