Águas
studio center
(67) 99826-0686

Prefeitura vai solicitar reabertura do aterro sanitário da Capital

Marquinhos também condenou as pessoas que jogam lixo nas ruas e prometeu mais fiscalização

10 JAN 2017
Diana Christie
14h44min
Foto: André de Abreu

O prefeito Marquinhos Trad informou, nesta terça-feira (10), que vai solicitar judicialmente a reabertura do aterro sanitário de Campo Grande para solucionar, temporariamente, o problema dos caçambeiros, cerca de 3 mil profissionais, que não possuem um local adequado para o despejo do lixo e entulhos.

Em entrevista para a TV Morena, o prefeito destacou que a solução seria apenas por prazo determinado, sendo que se comprometeria a realizar um trabalho de conscientização da categoria, que deve começar a trabalhar com empresas particulares, que possuem licença ambiental para o despejo do lixo.

Marquinhos também condenou as pessoas que jogam lixo nas ruas e prometeu mais fiscalização por parte da Secretaria de Meio Ambiente. Ainda lembrou da campanha de combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, como a dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus.

“É lamentável. Questão de educação. Todos sabemos que de janeiro a abril é propício a essas doenças. Temos oito meses para se preparar, mas o governo passa oito meses preocupado com outras coisas. Mas a campanha vai ser abençoada e dar o recado. Em 2016, tivemos 100% a mais de casos de dengue”, relatou.

Salários

O prefeito voltou a reafirmar que pretende finalizar o pagamento dos salários do funcionalismo público até a próxima sexta-feira (13). Segundo ele, 70% dos servidores já receberam e o valor vai fica completo com a arrecadação do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e refinanciamento de impostos.

“Temos muito dinheiro para se receber, mas nunca se foi atrás. Ele é chamado já de dinheiro podre porque não se faz uma ação para se recuperar esse dinheiro”, destacou. Sem passar valores exatos, o prefeito estima que o município tenha entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões ainda para receber.

cidade-morena-interna2
zé ramalho

Veja também