TJMS
re9
(67) 99826-0686

Semadur promove debates sobre sustentabilidade para alunos da REME

A visita promovida pela Semadur, contou com a participação de técnicos do Ibama

26 NOV 2016
PMCG
16h30min
Foto: Divulgação

Os alunos da Escola Municipal Carlos Vilhalva Cristaldo tiveram uma manhã diferente, fora da sala de aula, para estudar sobre a água, o lixo e o desperdício e debater sobre sustentabilidade. Os estudantes estiveram no Centro de Educação Ambiental Imbirussu onde discutiram questões referentes ao consumo consciente. Nesta tarde, a visitação continua com outra turma da escola. 

A visita promovida pela Semadur, contou com a participação de técnicos do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) que destacaram as palabras-chave repensar, reduzir, reutilizar e reciclar  para a educação ambiental. Com o tema “Água, lixo e desperdício: perspectivas em uma sociedade de consumo”, a palestra ministrada pelo educador ambiental do Ibama, Vicente Mota de Souza Lima, tratou de questões como a separação dos resíduos sólidos na Usina de Triagem de Resíduos e o reaproveitamento do lixo orgânico como adubo na compostagem.

Outro ponto importante apresentado aos alunos referiu-se ao consumo consciente destacando o uso reduzido dos recursos naturais que estão em falta, reaproveitamento do óleo vegetal na fabricação de sabão em barra e sabão líquido. O destaque ficou por conta do alerta sobre o descarte correto dos resíduos sólidos evitando os focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, chikungunya e zica.

Vicente Lima também explicou aos alunos a definição de desenvolvimento sustentável que integra ações que visam atender as necessidades da população sem comprometer a capacidade das futuras gerações em suas próprias necessidades. “Destacamos às crianças os 5R’s (repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar), desenvolvendo uma consciência ambiental neles e fortalecendo ações ambientais”, disse Vicente.

Para a professora do 3° ano, Vanilda Borges, a temática vem concluir o trabalho realizado em sala de aula aos alunos, explorando espaços fora do ambiente escolar. “Já trabalhamos em sala de aula, assuntos de educação ambiental, destacando a importância do cuidado e da preservação de recursos naturais como a água. A visita contribuiu para fortalecer esse aprendizado”, afirma.
Juliana do Nascimento, 12 anos, aluna do 5º ano, acredita que a saúde da população está diretamente ligada com a preservação do meio ambiente. “Aprendemos muito aqui e vimos a importância de cuidarmos da natureza com muito respeito”, aponta. 

A aluna do 5º ano, Jayanne Fagundes, 10, a visita foi boa pra aprender sobre a responsabilidade do descarte correto do lixo. “Achei muito bacana ensinar a combater a poluição dos rios, a reciclar e o alerta sobre os problemas causados com o lixo quando não colocamos no local correto”, destaca.

Veja também