TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

UPAs da Capital ganham ponto eletrônico

Instalação começou nesta segunda-feira e devem começar a funcionar em 60 dias

17 ABR 2018
Da Redação
10h48min

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), iniciou nesta segunda-feira (16) o processo de implantação do sistema biométrico de registro eletrônico de ponto para os servidores da Saúde nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centros Regionais de Saúde (CRSs).  A previsão é de que o sistema esteja funcionando integralmente em até 60 dias.

Além das unidades 24 horas, pontos eletrônicos estão sendo instalados na sede administrativa da SESAU e até o próximo mês devem contemplar o Laboratório Central, Centro de Especialidades Médicas (CEM), Almoxarifado, Vigilância Sanitária, entre outros setores da pasta.

As três primeiras  unidades a receberem os equipamentos foram: UPA Leblon, UPA Santa Mônica e UPA Vila Almeida. Até o fim do mês, o sistema deve ser instalado nas 10 unidades da Rede de Urgência e Emergência. Cada unidade atende uma média de 350 a 400 pacientes por dia.

Ao todo, 25 pontos eletrônicos serão instalados nas unidades SESAU e o investimento é de aproximadamente R$145 mil.

Paralelamente a instalação dos aparelhos, será iniciado o processo de cadastramento digital dos servidores visando a preparação técnica dos equipamentos e alimentação do sistema com os dados do funcionalismo municipal.

Para o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, a medida visa dar mais segurança e transparência no controle de frequência dos servidores e atende uma necessidade imposta pelos órgãos fiscalizadores há anos.

“Esperamos que a medida traga mais segurança e transparência aos serviços, de modo a melhorar o atendimento à população, que é o nosso maior objetivo”, ressaltou o secretário.

O novo sistema, todo digital, substitui o manual e gera inúmeras vantagens ao setor de recursos humanos e aos servidores. O ponto biométrico digital é a evolução do cartão ponto.

O sistema é moderno, atualizado e de segurança. Para a implantação, os servidores precisaram cadastrar as digitais junto com a numeração do PIS, de modo que o aparelho possa fazer o reconhecimento de cada um deles.

O secretário destaca ainda que além de agilizar os processos administrativos, o ponto eletrônico trará benefícios para gestão em vários aspectos.

“O sistema deve permitir ao setor de gestão de pessoas o benefício de possuir ferramentas que agilizem os processos da folha de pagamento, controle de horas trabalhadas, horas extras, entre outro” explica.

A SESAU conta em seu quadro de pessoal com aproximadamente 6,8 mil servidores e a medida deve atingir inicialmente 30% deste quantitativo e posteriormente, com a instalação de outros parelhos, irá abranger a totalidade.

 

Veja também