TJMS CIJUS
vivi
(67) 99826-0686

Vendida até a R$ 3,69, preço da gasolina sobe e irrita consumidores de Campo Grande

Média da ANP foi de R$ 3,53 do dia 1º ao dia 7 de janeiro

13 JAN 2017
Thiago de Souza
15h15min
Mototaxistas aproveitaram posto com preço a R$ 3,49 Foto: Thiago de Souza

Está difícil pagar menos de R$ 3,39 pelo litro da gasolina nos postos de combustíveis da Capital. O valor médio em 31 postos pesquisados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) ficou em R$ 3,53.

A pesquisa foi feita a partir do dia 1º de janeiro até o dia 7. A maior parte dos postos em Campo Grande tem praticado o valor de R$ 3,59, como é o caso de três deles, somente na Avenida Bandeirantes.

O valor mínimo segundo a agência foi de R$ 3,39, na Rua Marechal Rondon. Porém é em um posto perto da Feira Central de Campo Grande, que mototaxistas do ponto em frente ao Camelódromo procuram fazer economia. ''Subiu, tive de ir longe da minha casa até a feira central abastecer'', contou Adão Célio.

O colega de Adão, Alex Martinez de Oliveira disse que o valor está um absurdo. Ele diz que gasta R$ 20 por dia para trabalhar e até semana passada precisava abastecer somente pela manhã. ''Agora tenho que abastecer e no final tarde também'', reclamou. Ele acredita que há donos de postos que conseguem ''segurar'' o reajuste, mas outros não. Hoje, segunda-feira (9), Alex e os colegas conseguiram abastecer por R$ 3,49.

Conforme os levantamentos da ANP, a média do preço da gasolina na Capital tem subido em um centavo por levantamento desde novembro de 2016. De 11 a 17 de novembro, o litro da gasolina foi vendido, em média, a R$ 3,510. Entre 18 e 24 de dezembro, o valor médio passou a R$ 3,52. Na última pesquisa de preços no ano passado, a média ficou em R$ 3,538. 

 

Veja também