(67) 99826-0686
Câmara - Novembro

Em busca de foto para neto autista, avô é agredido por seguranças em show do Patati e Patatá

Suposto produtor da dupla de palhaços prometeu vídeo como compensação, mas não o fez

10 NOV 2018
Thiago de Souza
11h00min
Foto: Amanda Amaral

O show da dupla de palhaços Patati e Patatá terminou de forma frustrante para uma família de Campo Grande,. Ao fim da apresentação, o avô de uma criança especial insistiu para conseguir uma foto para o pequeno, entrou em uma área exclusiva e denuncia que foi agredido por seguranças.

Quem relatou o drama nas redes sociais foi a mãe do menino, que tem oito anos e aqui será chamado de ''Carlinhos''. Karol Albuquerque diz que no intervalo do show o garoto insistiu por uma foto com os palhaços. Ela foi até a beira do palco, mas foi informada que a dupla não atende ninguém, ''às vezes as que estão no camarote''.

Conforme Karol, uma das características da doença é a fixação do pensamento em uma coisa só. Carlinhos insistia pela foto, teve crise de choro e até urinou na roupa. Diante disso, após o fim da apresentação o avô foi novamente pedir o carinho dos artistas para a criança a uma  mulher que cuidava do local. No entanto, mais uma vez recebeu um 'não'.

''Mau pai é calmo, mas ele ficou desesperado com o neto chorando e falou que iria entrar para procurar alguém que representasse a dupla. Ele explicou que ali só havia duas crianças para atender, sendo uma especial, mas não adiantou. '', relata Albuquerque. 

Ainda segundo a mãe, o pai dela entrou na área exclusiva até ser interceptado por uma mulher, que dá um tapa na câmera. Na sequência, ele foi cercado e dominado por seguranças.

''Meu pai não estava armado. Não é bandido. Entrou somente com um celular e foi agredido. Ao final havia uns 30 seguranças'', lamentou a filha que só acompanhou o final da confusão pois havia ido comprar comida.

Karol lembra que ficou desesperada ao ver o pai dominado por tantos seguranças. Instantes depois, segundo ela, soltaram o braço dele e o deixaram levantar.

À espera

A segunda frustração da noite, aconteceu porque, ao ver a confusão, um produtor da dupla surgiu e pegou o número de telefone dela e o nome do filho, prometendo que os artistas iriam gravar um vídeo como compensação pelo transtorno. Ele teria explicado que os artistas naquele momento já tinham tirado a roupa e não havia sentido em atender os pedidos.

''Até agora nada de vídeo'', lamenta novamente a mãe. ''Meu filho viu a confusão e ficou com essa cena na cabeça. Ele pergunta ao avô: 'vovô, vovô, o home brigou?'  

O TopMídiaNews tentou contato com, ao menos, seis telefones da produção da dupla, além de e-mail, mas nenhum atendia. A organização do show em Campo Grande foi contatada, mas informou que não havia ninguém responsável no momento.

 

Veja também