Selviria Outubro
(67) 99826-0686
HPV - OUTUBRO

Vídeo: homem atira em cachorro no meio de praça no Arnaldo Estevão de Figueiredo

O catiorinio está internado e precisa de transfusão sanguínea

16 ABR 2018
Liziane Berrocal
07h09min
Foto: Reprodução

Um policial civil atirou contra o cão Thor da raça labrador na praça do bairro Arnaldo Estevão de Figueiredo. Apesar do homem ter alegado que deu um tiro para conter um possível ataque de Thor contra seu cachorro, a família tutora do labrador contesta a versão.

“Houve uma discussão há pelo menos 30 dias e o Thor teria atacado o cachorro dele que é um Bull Terrier. Mas o labrador é muito brincalhão e então ele foi em casa e ameaçou dar um tiro”, conta um policial militar que faz parte da família.

Segundo ele, na ocasião não foi lavrado boletim de ocorrência porque todos se conheciam no bairro. “Achamos que era uma briga boba”.

Na tarde deste domingo (15) a família estava reunida para um aniversário quando Thor foi para a praça. “Não vimos ele saindo, que as crianças estavam brincando e quando ouvi os tiros, mas achamos que era por causa do jogo. Quando o Thor apareceu sangrando e baleado”.

A família reclama que o policial civil fez tudo de caso pensado. “Não teve briga, não teve nada e segundo quem viu o que aconteceu, o vizinho atirou por atirar, o que poderia ser uma tragedia”, reclama o tutor do animal alegando que no local ficam varias crianças brincando.

De acordo com testemunhas o policial atirador foi levado em uma viatura da Polícia Civil. O caso será registrado na Decat pelos donos de Thor.

O catiorinio segue internado e precisa de transfusão sanguínea.

Veja o vídeo:

Veja também