Nilson Pugatti
SElviria Dezembro
(67) 99826-0686
Camara municipal

Após denúncia, desembargador resolve bancar própria viagem para terra do Mickey

Amaury Rodrigues Pinto Júnior chamou caso de 'sensacionalista', mas mudou rápido de ação ao arcar com as custas

13 MAR 2018
Diana Christie e Vinícius Squinelo
11h20min
Foto: Reprodução

Após denúncia do TopMídiaNews, o desembargador Amaury Rodrigues Pinto Júnior decidiu bancar a própria viagem para os Estados Unidos. No dia 27 deste mês, a autoridade participa de evento de direito desportivo em Orlando, sede da Disneyland, a terra do Mickey, que seria paga pelo Tribunal Regional do Trabalho.

“Embora eu continue entendendo que se trata de representação institucional, inclusive com participação como Presidente de Mesa e debatedor de tema trabalhista, optei por renunciar às passagens e diárias, indo sem ônus para o TRT, pois não quero causar desgaste à minha imagem e à da Corte”, declarou a amigos próximos.

O magistrado chegou a chamar a denúncia de 'sensacionalista', mas  mudou rápido de ação ao arcar com as custas da viagem.

O desembargador participa de evento, que ocorre no estádio do clube Orlando City, por ser membro da Academia Nacional de Direito Desportivo. Conforme o ato número 92 de 2018, o presidente do tribunal, desembargador João de Deus Gomes de Souza, autorizou o pagamento das despesas com passagens aéreas, e de quatro diárias na terra do Tio Sam.

A justificativa do presidente para a concessão desse benefício vem do fato de Amaury ser membro da ANDD e por ser presidente de uma das mesas de debate do evento.

Além do pagamento das despesas ficarem por conta do tribunal, o presidente do TRT havia determinado a suspensão dos prazos judicantes (tramitação de processos e atendimento) no período de 26 a 28 de março, datas em que Amaury vai ficar nos EUA.

Veja também