Nilson Pugatti
SElviria Dezembro
(67) 99826-0686
Camara municipal

Azambuja diz que reajuste do judiciário é uma 'loucura' e gera impacto de R$ 110 mi por ano para MS

Por mês, aumento para os ministros do STF, que gera efeito cascata, eleva a folha em R$ 8,9 milhões

7 DEZ 2018
Thiago de Souza e Amanda Amaral
19h21min
Reinaldo lamentou aumento de salários no STF Foto: Wesley Ortiz

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) criticou, na tarde desta sexta-feira (7), o reajuste salarial concedido aos ministros do Supremo Tribunal Federal. O aumento é uma ''loucura'', classificou o tucano e gera impacto de R$ 110 milhões para os cofres estaduais.

''É uma preocupação enorme'', seguiu nas críticas o governador. Ele lembra que o reajuste eleva em 8,9 milhões de reais por mês a folha de pagamento do estado.

''Janeiro já vai começar com despesa de pessoal para o governo que já está no teto dos gastos'',lamentou.  Ele apontou a falta de necessidade do reajuste e em um momento ruim.

''Foi uma loucura do Senado votar isso num momento de restrição fiscal, com os estados e municípios sem recurso. E aí aumenta entre os maiores salários e impacta nas contas públicas. É mais um problema a ser resolvido'', finalizou o governador.

A fala de Reinaldo ocorreu na saída de um evento ocorrido na Associação Sul-Mato-Grossense dos Municípios, a Assomasul, em Campo Grande.
 

 

 

 

Veja também