informe leilão
dr. hernia
(67) 99826-0686

Ceinfs emendam feriadão e mães reclamam por não ter com quem deixar crianças

Para maioria delas, o trabalho continua mesmo com feriado e ponto facultativo

12 JUN 2017
Liziane Berrocal
13h30min

Mães e responsáveis por crianças que ficam nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) da Capital entraram em contato com a reportagem para reclamar da falta de critérios para a suspensão das aulas na Capital. O motivo seria os feriados que tem na semana, já que nesta terça-feira (13) é feriado municipal e na próxima quinta-feira (15), feriado de Corpus Chriti.

“Segundo fomos informadas, o secretário que cuida das creches deixou para os funcionários escolherem o dia que vão trabalhar esta semana, que depois pode pagar no final de semana. Aqui no Ceinf do Paulo Coelho Machado vai trabalhar só hoje e volta só na segunda. Fica que vão repor no sábado, mas sabe lá Deus quando, já que sabemos que creche não funciona nos sábados e que, no máximo, cada uma virá só para registrar ponto”, reclama a mãe que pediu para não ser identificada.

As mães que participam de um grupo de mães – o “Mamãe caçam promoções”, no WhatsApp, também reclamaram da falta de informação. “Nós que precisamos trabalhar ficamos na mão, sendo que feriado mesmo e só terça e quinta e agora vamos ficar a semana toda sem ter onde deixar as crianças, mas no nosso empreso não é facultativo”, pontuou outra mãe.  “Como elas disseram, o secretário que deu a opção e é lógico que se depender do ser humano, trabalhar para que né? Depois querem  reclamar dos políticos”, finalizou. .

Semed facultou aos diretores escolha de dias

Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal confirmou que as aulas são obrigatórias apenas nesta segunda-feira (12). Segundo a nota, a Semed informou que, nesta semana, os Centros de Educação Infantil (Ceinf) e Escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) não irão funcionar na terça, quinta e sexta-feira. Na quarta-feira será facultativo.

“A Secretaria de Educação liberou as diretoras das unidades para fazerem uma ponte entre o dia 13 e o dia 14. As unidades que optarem pelo não funcionamento farão reposição antes do encerramento do semestre. Os pais já estão sendo avisados desde a semana passada sobre o calendário que a escola decidiu seguir. No entanto, vale ressaltar que 90% dos Ceinfs decidiram manter as aulas no dia 14 (quarta-feira)”.

De acordo com a Prefeitura, o funcionamento nesta segunda-feira está normal em todas as unidades.

Veja também