(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Empresários vivem agonia sobre indefinição da Cidade do Natal

Em obras

28 OUT 2013
Juliene Katayama
11h17min
Reforma da Cidade do Natal iniciou no domingo. Foto: Geovanni Gomes

A pouco mais de um mês da inauguração da Cidade do Natal - nos anos anteriores o local era aberto aos visitantes no início de dezembro - empresários que participaram desde a primeira edição do evento ainda não sabem se neste ano a população terá a tradicional festividade no local.

"Ainda não fomos comunicados. Até a última conversa, em julho, não teria a Cidade do Natal este ano", afirmou Francisco Lopes, proprietário da pizzaria La Gôndola.

Ele disse ainda que nesta época já estava tudo difinido entre a Prefeitura de Campo Grande e os colaboradores que trabalham na praça de alimentação da Cidade do Natal. "É novidade para mim este ano não ter", disse Francisco inconformado.

Luiz Flávio Guimarães, dono da Empadas do Brasil, é outro empresário que colabora desde o primeiro ano, também vive a agonia de não saber se terá a Cidade do Natal. "Não fomos chamados para ser informados", pontuou.

Além da indefinição do evento para os empresários, a população também fica na expectativa da abertura da Cidade do Natal. Para Francisco, não são os empresários os maiores prejudicados, mas a população. "Se não tiver, só a população perde, porque não tem onde ir em dezembro", enfatizou o empresário.

Obras - O local está em reforma que iniciou no domingo (27). Francisco concorda com as obras no local, mas não neste período. "As estruturas estavam precisando ser trocadas, foram feitas para quatro anos. Mas agora não era hora", pontuou o empresário. A Cidade do Natal foi inaugurada pela primeira vez em 2008.

Veja também