Construa tudo
Liceu
(67) 99826-0686

Espertinho usa terreno público para ganhar dinheiro e castiga vizinhos no Oiti

Prefeitura afirma que fará limpeza do local e que denúncias podem ser feitas pelo 153

16 JUL 2017
Liziane Berrocal
09h30min

Os moradores do Residencial Oiti estão sofrendo com o despejo de lixo em um terreno nas imediações da Rua Mercedes Pereira Mayer. O local, que seria da Prefeitura Municipal está sendo usado para descarte de entulhos e lixos. O problema se agrava quando colocam fogo nos bags que lá são depositados.

“Com o tempo seco os moradores já não aguentam mais, é utilizado irregularmente para descarte de entulho de construção, sacos de lixo, galhos secos, quando pega fogo fica um inferno”, conta um morador.

A denúncia é que estariam se aproveitando para faturar em cima do descarte irregular, em um terreno que é do Município. “Parece que esse lixo está sendo feito um serviço, ao invés de locação de caçamba, usam esses bags e colocam no terreno e a gente que sofre com o fogo. E achamos que estão ganhando dinheiro com isso e em frente a algumas construções já vimos sacos como estes cheios de entulho. Agora, com autorização de quem estão usando o terreno? Colocam fogo e fica um fumacê terrível”, denunciou uma moradora.

Com medo de briga entre vizinhos, os denunciantes pedem para não serem identificados. “No dia que pegou fogo foram chamar quem tinha colocado o entulho lá e a pessoa nem apareceu”, conta outra moradora. As reclamações são constantes. “O problema é que alguém ganha dinheiro e o bairro todo sofre”.

Prefeitura afirma que irá limpar o local

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, a Semadur confirmou que o terreno é uma área pública e que diante disso a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos irá até o terreno na programação da Divisão de Limpeza para efetuar a limpeza do local.

Para orientar os moradores, a Semadur afirmou que em relação ao descarte irregular é importante a conscientização ambiental da população, especialmente do gerador resíduos que deve realizar o correto acondicionamento e destinação final do seu entulho ou resíduo conforme previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos e no Plano Municipal de Gestão dos Resíduos Sólidos.

Moradores devem denunciar descarte irregular

A Prefeitura afirmou que faz fiscalização em toda a cidade, mas que é preciso que os moradores tenham responsabilidade no descarte e pedem que a população auxilie no combate à essa prática realizando denúncias de forma a sempre buscar a identificação do autor do descarte irregular. Assim o mesmo autuado por crime ambiental (infração penal), podendo ser denunciado junto à Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat) pelo telefone (67) 3325-2567, na Guarda Civil Municipal pelo 153, no Disque Denúncia 156 ou na 34º Promotoria de Justiça do Meio Ambiente pelo 3317-4067.

 

Veja também