(67) 99826-0686

Nora faz peregrinação em postos de saúde para conseguir tratamento para sogro

Homem caiu do telhado há mais de um ano e, desde então, convive com fratura no quadril

9 SET 2017
Kerolyn Araújo
11h03min
Foto: Arquivo/TopMídiaNews

Há mais ou menos um ano, a dona de casa Daiana Armando, 27 anos, está lutando atrás de um tratamento para o sogro, Elizário Irineu Vicente, 63 anos. Ele está com uma fratura no quadril desde que caiu de um telhado.

Segundo Daiana, a situação do sogro vem piorando a cada dia e a família teme que o pior aconteça. "Essa luta já dura quase um ano e meio. Ele fraturou o quadril após cair do telhado e, até hoje, está machucado. Ele está cada vez mais debilitado e quase não está se alimentando", disse.

Conforme a nora, o sogro sente muitas dores e, toda vez que vai ao posto de saúde, os médicos passam remédio e mandam de volta para casa. "Tenho vários exames em mãos que mostram que ele precisa ficar internado para fazer um tratamento. Nos postos de saúde, eles nunca deram encaminhamento para o hospital", contou a dona de casa.

De acordo com Daiana, o sogro já foi levado com dores para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do Aero Rancho e Leblon. Em ambos, ele foi medicado e não passou por nenhum exame.

Sem recursos, Daiana contou que está difícil manter o sogro debilitado em casa. "Precisamos de uma vaga em um hospital para ele fazer o tratamento correto", ressaltou.

Veja também