TJMS
re9
(67) 99826-0686

Potencialidades da UEMS são apresentadas para Rede de Gestão de MS

UEMS atende atualmente 10 mil alunos, sendo que 20 mil profissionais passaram pela instituição até o ano passado

29 NOV 2016
UEMS
09h52min
Foto: Chico Ribeiro

Na última semana, o vice-reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Laércio de Carvalho, apresentou as potencialidades da Universidade para os integrantes da Rede de Gestão Estratégica, com o objetivo de que o Governo do Estado possa utilizar a estrutura da UEMS para o desenvolvimento do plano estratégico que está em andamento.

No evento, o vice-reitor expôs as ações da Universidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além de mostrar os números e todas as parcerias existentes nas quais a Universidade vem atuando. Ele destacou que a UEMS atende atualmente 10 mil alunos, sendo que 20 mil profissionais passaram pela instituição até o ano passado. Atualmente, mantém relação com 24 países e contabiliza 1 milhão de pessoas alcançadas com ações de extensão, com 79% dos nossos alunos são oriundos da rede pública de ensino.

“Discutimos sobre a possibilidade de expansão da educação a distância e temos uma grande expectativa de que essa parceria gere bons frutos para uma rápida ampliação da modalidade a distância na UEMS. Além disso, apresentamos os Centros de Pesquisa e solicitamos as demandas do Estado para que, em conjunto, Governo do Estado e UEMS, possamos elencar as principais demandas e que os Centros de Pesquisa trabalhem em prol da resolução de problemas imediatos da população de Mato Grosso do Sul”, enfatizou.

Laércio de Carvalho apresentou também o resultado da pesquisa online realizada pela Assessoria de Comunicação com 1050 egressos da Instituição, que mostrou que 79% dos profissionais trabalham em sua área de formação e a média salarial fica em R$ 4,2 mil mensais, bem acima da média do Estado e do País, que é de R$ 1.045 e R$ 1.113, respectivamente. “O que demonstra que estudar na UEMS é um bom negócio”, brincou o vice-diretor.

Com 66 cursos de graduação, 14 mestrados, dois doutorados e cerca de mil funcionários, a Universidade tem 11 Centros de Pesquisa, Ensino e Extensão espalhados pelo Estado. “A UEMS tem estrutura e muito conhecimento técnico em seu corpo docente e discente, o que pode contribuir em vários aspectos com o planejamento estadual”, avalia o superintendente de Planejamento e Gestão da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Thaner Nogueira.

Rede de Gestão

A Rede de Gestão do Estado de MS foi criada como forma de produzir mecanismos para a Gestão orientada para resultados. Esta Rede tem uma coordenação centralizada na Secretaria de Governo (SEGOV) com execução e suporte descentralizado em todas as secretarias. Na consolidação dessas ações foi elaborado o PPA 2016-2019.

Veja também