conadhe
tjms
(67) 99826-0686

Prefeitura retoma obra de UBSF com projeção de 10 mil atendimentos

Construção iniciada em 2011 deverá ser entregue nos próximos 90 dias

11 AGO 2017
Liziane Berrocal e Rodson Willyams
13h30min
Secretário de saúde esteve no local e assinou ordem de serviço Foto: Foto: Wesley Ortiz
cidades-interna1
99

Como parte das comemorações do aniversário de Campo Grande o secretário municipal de saúde Marcelo Vilella participou do ato de retomada das obras da UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família), no Jardim Oliveira II.

A obra iniciada em 2011, foi planejada em 2009 e 2010 para entrar no orçamento do município, ainda na gestão de Nelsinho Trad (PTB), mas teria sido parada em 2013 durante a gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP).

Assim que inaugurado deve desafogar os centros de saúde do Jardim Buriti, Caiçara e região do Lagoa. “O objetivo da prefeitura é reforçar o atendimento na atenção primária”, garantiu o secretário de saúde. Segundo ele há uma projeção de dez mil atendimentos mensais com a inauguração da unidade.

O valor de custo inicial era de R$ 1,1 milhão e que estavam parados R$ 400 mil nas contas da prefeitura para a obra ser concluída e que são mais noventa dias para o prédio ser entregue. “Todo mobiliário já está licitado”, disse Vilella.

O “x da questão” estaria na contratação de médicos, mas a saída apontada pelo secretário não seria a contratação e sim no remanejamento de profissionais. “E podemos fazer a chamada de mais médicos e essa unidade inicialmente pode contar com duas a três equipes para o período de 40 horas e agilizar o atendimento”.

A entrega de novas unidades de atendimento à saúde seria a saída para diminuir os serviços terciários. “Como a Santa Casa”, apontou Vilella. 

cidades-interna2
nando viana

Veja também