Corrida Cassems
(67) 99826-0686

PRF: feriadão termina com cinco pessoas mortas nas BR's que cortam MS

Excesso de velocidade e ultrapassagem indevida continuam como vilões das estradas

11 SET 2017
Thiago de Souza
18h25min
F-250 destruída após acidente na BR-463 Foto: Dourados Agora

O balanço da Operação Independência da Polícia Rodoviária Federal mostra que o feriado de 7 de setembro foi violento nas estradas de MS, com cinco mortes registradas. O período de fiscalização começou na quarta-feira (6) e terminou nesse domingo (10).

Uma das causas para o alto número de mortes, segundo a PRF, é o excesso de velocidade. Foram 5.043 flagrantes desse tipo no feriado de 7 de setembro. Outro ponto sensível das estradas, a ultrapassagem em local proibido resultou em 182 motoristas autuados.

25 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante  e nove foram presos. Ao todo, foram fiscalizadas 4.981 veículos e 4.905 pessoas.47 pessoas ficaram feridas.

A PRF destaca que fez diversas ações de conscientização e diz que 2.750 pessoas foram alcançadas nesse tipo de trabalho, que contou com cinema rodoviário, palestras e abordagens educativas.

A PRF disse que, como em 2016 o feriado caiu em uma quarta-feira, não foi possível fazer o comparativo com números deste ano. 

Mortes

Na quinta-feira (7), duas pessoas morreram após colisão frontal entre dois carros de passeio na BR-163, quase em frente ao Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande. Outras cinco pessoas ficaram feridas. O suspeito de causar o acidente estava embriagado e tentou ultrapassagem em local proibido.

No mesmo dia, outras duas pessoas morreram, na BR-060, próximo a Camapuã. As vítimas eram ocupantes de uma motocicleta que foi atingida por um caminhão.

Na sexta-feira (8), Roberto Lira, 63, morreu após bater o carro que dirigia na lateral e na frente de outros veículos que seguiam no sentido contrário, no quilômetro 474 da BR-262, próximo a Terenos.

 

Veja também