(67) 99826-0686

Procon realiza encontro para traçar estratégias de atuação na defesa do consumidor no Estado

Nas reclamações, telefonia e bancos assumem o todo pode reclamações em MS

13 SET 2017
Rodson Willyams
09h40min
Foto: Repórter Top

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul (Procon/MS) realiza, nesta quarta-feira (13), o 12º Encontro do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor. 

O objetivo é ampliar a articulação dos órgãos de defesa do consumidor para proporcionar a melhoria no atendimento e buscar mais efetividade nas resoluções de conflito. Entre as principais reclamações dos consumidores, a telefonia e bancos lideram o ranking no Estado. 

Segundo o superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, "o encontro visa fortalecer o respeito nas relações de consumo. Hoje, por exemplo, temos aqui representantes de quatro empresas telefônicas e de bancos. Inclusive ocorre palestra sobre emissão de notas fiscais eletrônicas. Mas o nosso objetivo é buscar mais efetividade nas relações de conflito".

No topo das reclamações, a telefonia divide o ranking com os bancos. "Na telefonia, as principais reclamações são a cobrança abusiva nas contas de telefone e os contratos. Nos bancos, são diversos pontos, como o FAC, serviços, contratos, juros, cartão de crédito e entre outros casos", explica Salomão.

Durante o evento serão abordados outros temas que demandam maior atuação dos Procon, como reclamações com empresas de água, luz e financiamentos. 

Ampliação dos serviços
Segundo a assessoria de imprensa do Procon, há 30 unidades de defesa do consumidor em Mato Grosso do Sul. Além disso, dois estão em processo de instalação e mais cinco municípios manifestaram interesse em implantar o sistema de defesa do consumidor. 

Entre as propostas deste evento está a de alinhar as estratégias de atuação na defesa do consumidor no Estado. Dos 30, pelos 27 municípios confirmaram presença no evento que acontece até  às 17h50, no auditório da Ministério Público do Trabalho, no bairro Amambaí, em Campo Grande. 

Confira a programação:

07h30 – Credenciamento

08h00 – Abertura e composição de mesa

08h30 – Apresentação do Planejamento Estratégico PROCON MS (Marcelo Salomão)• Política do consumidor – TJ – Técnicas de mediação e conciliação através do convênio e ambiente E-SAJ• Educação para o Consumo• Procon Interior

09h00 – Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz): Documentos Fiscais Eletrônicos do Varejo (Eduardo Henrique Higa – Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e Edson Massacazu Ochigame – Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) e Cupom Fiscal Eletrônico ECF (CF-e-ECF).

09h40 – Coffee Break

10h00 – Palestras Temáticas:• Operadora Claro: Solução preliminar de conflitos extrajudiciais – 30 min• Operadora TIM: Como o Conselho de usuário pode contribuir com os PROCONS (Ricardo Alves) – 30 min

11h00 – Sinpetro: Controle de qualidade dos combustíveis (Fred Milton – eng. químico do Sinpetro MS) e O sindicato e suas relações com o consumidor (Edson Lazaroto – Gerente executivo – Sinpetro MS)

11h30 – Almoço

13h30 – Vigilância Sanitária Estadual: Foco no risco (Glaucia Guimarães)

14h00 – Palestras Temáticas:• Operadora OI: Foco, avanço na satisfação do cliente frente ao órgão de defesa do consumidor – 30 min.• Sistema bancário Itaú: Atendimento rápido para consumidores Itaú / Unibanco – 30 min

15h00 – Coffee Break

15h10 – Palestras Temáticas: • Operadora Vivo: Investimentos em rede, reclamações e ações de melhorias nas relações de consumo (Assunta Campos) – 30 min• Sistema bancário Banco do Brasil: Atendimento bancário e suas alternativas – 30 min• Sistema bancário Santander: Educação Financeira & Satisfação do cliente (Sidnei Curzio Junior) – 30 min

16h40 – Palestra Temática: Sistema Educacional Anhanguera

17h10 – Discussão dos temas com o público presente

17h30 – Mesa de negócios e dúvidas e troca de cartões

17h50 – Encerramento

Veja também