TJMS
re9
(67) 99826-0686

Sem receber, cerca de 50 pessoas bloqueiam a BR-262 em Campo Grande

A manifestação começou às 7h da manhã de hoje

18 OUT 2016
Anna Gomes
11h12min
Foto: Anna Gomes

Cerca de 50 trabalhadores da construção civil dizem estar sem receber há meses e resolveram fazer um protesto desde às 7h da manhã desta terça-feira (18), bloqueando a BR-262, próximo ao aterro sanitário, em Campo Grande.

Os manifestantes explicam que são pedreiros, ajudantes de pedreiro e marceneiros.  Todos foram contratados para construírem as casas para os antigos moradores da favela Cidade de Deus, mas reclamam da falta de pagamento.

De acordo com o grupo, alguns trabalhadores já estão há quase três meses sem receber o salário da empresa que é responsável por fornecer os materiais para as construções das residências. Sem ganhar dinheiro, algumas pessoas estão passando necessidade e com dificuldade até para comprar alimentos.

"Como que faz para comprar a comida sem receber o salário? O jeito é depender de parentes ou de quem pode nos ajudar. A situação está complicada, tenho filho pequeno, que estuda e precisa se alimentar direito. Minha parte de trabalhar eu fiz, agora eles precisam fazer a parte deles e nos pagar", disse um dos manifestantes.

Os protestantes fecharam a rodovia com galhos, pneus e até um sofá. Eles bloqueiam em um intervalo de 10 minutos e liberam para os motoristas trafegarem novamente. A manifestação é pacífica, mas não tem horário para acabar e equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) estão no local.

 

Veja também