festival de reggae
erro medico
(67) 99826-0686
COLUNA

Pelos Cotovelos

Aumento da previdência é saída nacional e agilidade mostra eficiência de Marquinhos

Ele age mesmo a custo de ter que enfrentar o enfrentamento de sindicatos

14 NOV 2017
Vinícius Squinelo
00h00min

Quem dera fosse só em Campo Grande!  O aumento do desconto da previdência no holerite dos servidores públicos está ocorrendo de norte a sul do país. E quanto mais rápido sair do papel, menor a chance do poder público entrar em colapso. Agindo rápido, Marquinhos Trad mostra eficiência na administração pública, mesmo a custo de ter que enfrentar o enfrentamento de sindicatos.

Adendo
Aqueles mesmos sindicatos que só aparecem mesmo é na hora de ir atrás dos direitos, dos deveres mesmo pouco se importam. Falam em ‘ função social’, mas ligam mesmo é pro próprio bolso. Vamos ver como se viram agora sem o imposto sindical.

Voltando
Mas retornando ao que importa, o aumento da alíquota evita, inclusive, que os próprios servidores sofram ainda mais com a crise financeira. Os salários deste  mês foram pagos com o dinheiro do Refis – mais uma ideia da cartola da equipe financeira de Marquinhos – e qualquer  medida de contenção ajuda na hora da prefeitura quitar  o pagamento do direito dos trabalhadores. Ou alguém quer ficar sem o 13° salário?

Terra arrasada
Pra quem tem memória fraca e gosta do criticismo bom sempre lembrar q eu tivemos quatro anos daqueles, ‘ liderados’ por Alcides Bern al. A bomba sobrou no colo de Marquinhos e equipe, que ainda está no primeiro ano de gestão. Porém, não vamos esquecer de cobrar, é claro! Afinal, 2018 está aí e o povo de Campo Grande quer  ver  a cidade de volta aos trilhos.

Charminho
Por falar em Bernal, ele agora só que faz charme no facebook. Posta toda semana diretas e indiretinhas do tipo “na minha época”, “eu só queria governar e fui impedido”! Valha-me Bernal! Já deu né!  Acorda pra vida e segue seu rumo que o mundo girou.

Aguenta?
Alcides Bernal deputado federal, será que aguenta? Muito apoiador falando que melhor é voltar mesmo pra Assembleia  Legislativa..

 

Veja também