novoengenho - policia
Top Midia Paineis publicitarios Ltda
(67) 99826-0686
novoengenho - CNH
COLUNA

Pelos Cotovelos

Coincidência? Paiol prendeu agente penitenciário no aniversário da Operação Chip

Nas duas operações policiais, agentes penitenciários foram presos por envolvimento com mundo do crime

13 JUN 2018
Diana Christie, Liziane Berrocal, Rodson Willyams e Vinícius Squinelo
00h00min

Dia dos Namorados, 12 de junho, celebração do amor, também foi aniversário de um ano da Operação Chip, que culminou na prisão do agente penitenciário Cleiton Paulino de Souza pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). Ele foi alvo de operação que investigou crimes de corrupção, peculato, tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

Memória

Na ocasião, foram cumpridos três mandados de prisão temporária e cinco de busca e apreensão, além de batida no Instituto Penal de Campo Grande. A coincidência? Exatamente um ano depois, o Gaeco voltaria às ruas para prender outro agente penitenciário, que dessa vez não teve o nome revelado pelas autoridades.

Quem nos ‘defenderei’?

Operação Paiol, em alusão aos locais de armazenamento de armas e drogas pelas facções criminosas, teve como alvo a organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Nesta investigação, o agente penitenciário preso é suspeito de passar informações para os integrantes da facção. São raposas cuidando de ovelhas? Ovelhas cuidando de raposas? Melhor: raposas cuidando de raposas.

Abaixo a chegada do agente à delegacia:

Puxão de orelha

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) andou se queixando de vereadores que estariam inflamando a população contra a administração municipal. O recado foi enviado para Vinicius Siqueira (DEM) e Odilon de Oliveira Junior (PDT). "Peço que façam questionamentos técnicos. Discursos inflamáveis não ganham. Tem que ter argumentos técnicos", disparou.

Projetando

Marquinhos destaca que os dois parlamentares defendem posições políticas visando as eleições de outubro, sendo o primeiro pré-candidato a deputado estadual e o segundo filho do juiz Odilon de Oliveira, que pretende concorrer ao Governo. "A partir daí, vocês tiram as suas próprias conclusões".

Mal estar

O prefeito foi ainda mais ácido ao falar de Vinícius Siqueira. Segundo ele, o vereador perdeu em todas as ações que ingressou judicialmente contra a prefeitura, “por incompetência” ou “sem argumento técnico”. Ele lembrou que o magistrado David de Oliveira Filho considerou os argumentos de Siqueira ‘criativos'.

Veja também