Corrida Cassems
(67) 99826-0686
COLUNA

Pelos Cotovelos

Cotados para nova diretoria do Detran/MS se dividem entre técnicos e ‘pitacos’ políticos

Pelo menos dois nomes têm ligação com gestões anteriores

13 SET 2017
Diana Christie e Liziane Berrocal
00h00min

Com a exoneração da antiga diretoria do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), que acabou presa no âmbito da Operação Antivírus, os mais cotados para assumir o controle da instituição têm perfil mais técnico, escolhidos entre os funcionários de carreira. Mas como são cargos comissionados, de livre nomeação, os ‘pitacos políticos’ não ficaram de fora e até mesmo indicações de gestões passadas não são descartadas.

Ligações

Nos bastidores, a informação é de que a nova cúpula contará com os funcionários de carreira Luiz Carvalho de Almeida na diretoria Técnica de Administração e Finanças e Robson Antunes para a diretoria de Tecnologia da Informação.  No entanto, dizem que Almeida seria uma indicação de Rudel Trindade, ex-gestão de Nelsinho Trad (PTB) e hoje na MSGás.

Experiente

Outro nome político é o de Francisco Libório, que vem para o cargo de diretor-adjunto. Libório é Coronel reformado e já havia sido adjunto de Carlos Henrique dos Santos Pereira, na época de André Puccinelli (PMDB). Apesar disso, a escolha teria agradado o sindicato dos trabalhadores do Detran-MS. Mas no geral, “nada de novo no céu”, alegam.​

Nem tudo que reluz...

Conhecido por ser desbocado e desafiador, o deputado federal Carlos Marun (PMDB) acabou falando uma verdade cruel para um eleitor que apontou para a necessidade de renovação do Legislativo. “Mudar é fácil, o difícil é mudar para melhor...”. Veja abaixo a cutucada:

Cereja do bolo

Campeão de aprovação, o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa (PR), segue recebendo ‘flertes’ de vários partidos. Durante sessão legislativa desta terça-feira (12), foi a vez do deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) rasgar elogios ao aliado. O PMDB, inclusive, é o primeiro na lista de convites recebidos por Waldeli.

 Atrasadinhos

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) cobrou pontualidade dos colegas e prometeu protestar por isso todos os dias. Segundo ele, o “pequeno expediente toma todo o tempo do grande expediente” e as matérias de importância acabam sem discussão. E ele está certíssimo. Vamos cumprir com os compromissos, senhores deputados!

Veja também