(67) 99826-0686
PMCG IPTU 2019
COLUNA

Pelos Cotovelos

Depois de Rafinha Bastos, PC Siqueira também se rende ao charme TOP

Youtuber comentou confusão entre doceira e cliente no meio de velório

20 NOV 2017
Diana Christie, Airton Raes e Vinícius Squinelo
23h00min

A confusão entre uma doceira e cliente no meio do velório do marido da contratada continua dando o que falar na mídia nacional. Depois de Rafinha Bastos, foi a vez de PC Siqueira mandar todo o seu amor para o TopMídiaNews. Além de comentar o vídeo que viralizou no país, após a história ser contada em primeira mão aqui, ele ainda declarou que virou nosso fã! Assista aqui.

Novas apostas

O diretório estadual do PT em Mato Grosso do Sul decidiu que o partido terá candidatura própria ao Governo do Estado nas eleições do ano que vem. O principal cotado é o ex-prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci (PT). O nome dele está sendo colocado em encontros regionais.

Plano B

Entretanto, o partido não descarta, em última hipótese, desistir de lançar o deputado federal Zeca do PT ao Senado e sacrificá-lo como candidato ao Governo. O motivo para isso é que, pela primeira vez, o ex-presidente Lula lidera as pesquisas de intenção de voto no Estado, que é tradicionalmente tucano, mostrando força e possibilidade de transferência de votos em uma candidatura petista.

Criatividade

Se tem uma coisa que os peemedebistas sabem fazer é transformar limões em limonada. Apesar da prisão do ex-governador André Puccinelli (PMDB) abalar a candidatura do partido ao governo estadual, não faltou gente para transformar o fato em ataques aos adversários, especialmente para o juiz aposentado Odilon Oliveira (PDT).

Teto de vidro

Desde que anunciou que entraria na política, o ex-magistrado virou alvo de ataques constantes e, nos últimos, era apontado como o arquiteto da prisão de Puccinelli, como se a investigação já não estivesse se desenrolando desde 2013... Fica difícil engolir algumas coisas!

Recordando

Além disso, como bem lembrado pelo filho do pré-candidato, o vereador Odilon de Oliveira Junior (PDT), o ex-magistrado, por diversas vezes, se declarou impedido para atuar no processo que culminou na prisão do ex-governador. É muita teoria da conspiração para pouca ligação com a realidade...

Veja também