(67) 99826-0686
PMCG Janeiro
COLUNA

Pelos Cotovelos

Filho entrega: Odilon deve sair candidato ao Senado em 2018

Herdeiro entregou o jogo em entrevista recente

5 AGO 2017
Diana Christie e Vinícius Squinelo
00h00min

O juiz federal Odilon de Oliveira deve sair mesmo candidato ao Senado nas eleições de 2018. E quem ‘entregou a paçoca’ foi o próprio filho, Odilon Júnior, vereador e presidente municipal do PDT. Em entrevista, o herdeiro afirmou que ‘enxerga o pai mais com perfil para o Legislativo’, indicando o caminho do magistrado na entrada no ramo político.

O cara!

Conhecido como caçador de criminosos, Odilon há anos dá indícios de que seria candidato. Com o quadro para 2018 aberto, fica a dúvida: vai disputar para governador ou senador? Porém, o próprio juiz já afirmou que ‘gostaria de fazer Leis melhores para o País’ (obrigação do Legislativo), e agora com a fala do filho, parece mesmo que o caminho a seguir será a disputa ao Senado...

Bem na fita

Conforme pesquisa recente, do Ipems, Odilon anda no gosto popular. Ele é vice-líder de intenções de voto para o Governo (atrás de André Puccinelli), e ocupa a mesma posição numa suposta disputa pelo Senado, ficando atrás de Nelsinho Trad. Porém, em 2018, são duas vagas para senador em jogo.

Rixa?

O deputado estadual Coronel David deve acompanhar Jair Bolsonaro e seguir para o PEN, deixando para trás do PSC. O plano é David sair candidato ao Governo no próximo ano. Mas será que ele terá apoio do líder regional da sigla, deputado estadual Lídio Lopes? Vale lembrar que os dois estiveram em lados opostos nas últimas eleições; enquanto David apoiava Rose Modesto, Lídio tinha até a esposa como candidata a vice de Marquinhos Trad...

Juma Marruá

Depois do Antônio Fagundes Pantaneiro, eternizado por Delcídio do Amaral, temos agora a Juma Marruá de Mato Grosso do Sul: Grazielle Machado (PR). Pelo menos é assim que a parlamentar se descreve em legenda de foto publicada em sua página no Facebook (veja abaixo). Para os mais jovens, Juma era o personagem de Cristiana Oliveira na novela Pantanal, conhecida pelo comportamento selvagem.


De carona

O PSDB aproveitou a lei que cria o Cadastro Estadual de Pedófilos para promover o governador Reinaldo Azambuja e o deputado Onevan de Matos, mas ‘esqueceu’ completamente de dar os devidos créditos ao autor da proposta: Coronel David (PSC). Em notícia publicada no site do partido, o PSDB destaca o governador, que sancionou a lei, dá voz para Onevan comentar a proposta, porém nenhuma menção sequer do ‘pai da criança’. É aquela história: todo mundo quer ser pai de filho bonito.

Veja também