(67) 99826-0686
HPV - OUTUBRO
COLUNA

Pelos Cotovelos

Odilon não espera campanha começar e já espalha adesivos com seu nome pela cidade

Apesar do clima de indefinição, juiz eleitoral já reforça o próprio nome nas ruas da Capital

12 JAN 2018
Diana Christie, Airton Raes e Vinícius Squinelo
23h00min

Apesar do clima de indefinição de candidaturas que costumam permear o ano eleitoral até a chegada das convenções partidárias, o juiz aposentado Odilon Oliveira (PDT) preferiu não esperar a campanha eleitoral para mostrar que está na disputa e já espalhou adesivos pela cidade como o flagrado na imagem ao lado.

Estranho

Apesar de sem número ou identificação da possível candidatura ao Governo, a sensação de campanha antecipada permanece... Alô, alô TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral)!

Curtinha

Em 2018, a famosa semana do saco cheio durante o mês de outubro não será como nos anos anteriores, onde foi possível folgar entre nove a cinco dias. O aniversário de criação de Mato Grosso do Sul, 11 de outubro, cai em uma quinta-feira. E o Dia da Nossa Senhora Aparecida, 12 de outubro, na sexta-feira. Isso diminui a semana do saco cheio para apenas quatro dias.

Alívio

A prefeitura de Campo Grande ampliou o limite dos chamados ‘débitos ou obrigações de pequeno valor’ para R$ 7.002,18. Isso significa que o contribuinte que estiver em dívida com o município até esse valor não será, necessariamente, acionado judicialmente para quitar os débitos atrasados, geralmente relacionados a impostos como IPTU. Quando a lei surgiu, em 2007, o valor máximo era de R$ 3,8 mil.

Desrespeito

A empresa Classmed – Produtos Hospitalares Ltda levou três multas da prefeitura por descumprir contratos com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública). Conforme o diário oficial, a contratada descumpriu prazos para o fornecimento de medicamentos previstos em licitação. Enquanto isso, quem sofre é a população, que fica nos postos sem os remédios que podem salvar vidas.

Em pauta

O Sindicato dos Professores da Universidade Federal da Grande Dourados (ADUF-Dourados) lançou concurso de marchinhas de carnaval com o tema S.O.S Educação. O concurso destaca que, em 2017, a literatura deixou de ser disciplina na rede estadual de ensino. Também no ano passado, os professores da rede municipal de educação foram impedidos, por decisão judicial, de fazer greve após as negociações salariais com a prefeitura fracassarem.

Veja também