(67) 99826-0686
COLUNA

Querem acusar o empresário e defender o coreano da PRF

Hoje a Polícia Civil faz a reconstituição do bárbaro crime cometido pelo coreano, da PRF.

11 JAN 2017
08h13min

Que absurdo acusarem o empresário Adriano Correia do Nascimento, 33, de 'provocar' a própria morte. Tem gente falando que o coreano da PRF Ricardo Hyun Su Moon, 47, matou Adriano por a vítima estar bêbada e que ele o assassinou para evitar que o empresário colocasse em risco outras pessoas.

Para muitos esse ato foi de um covarde, pois o policial o matou com cinco tiros e ainda atingiu com mais dois um menor, e agora querem jogar a culpa no empresário, que não poderá se defender.

Muitos torcem para que esse cara, que se diz policial, que nem brasileiro é, pois é naturalizado, mofe na cadeia, onde é o lugar de assassinos.

E parem de dizer que ele agiu em legítima defesa, pois agiu como um verdadeiro covarde, matando um homem do bem só porque foi fechado no transito.

Aliás, hoje desde as cinco horas da manhã a polícia civil faz a reconstituição do crime no local onde ocorreu o assassinato do empresário.

Veja também