(67) 99826-0686

Com texto de psiquiatra, universitários abordam o suicídio nos palcos do teatro

Com entrada gratuita, peça será apresentada no dia 3 de dezembro

12 NOV 2017
UEMS
11h13min
Foto: Reprodução

A parceria entre os alunos e professores dos cursos de Artes Cênicas e Medicina da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) de Campo Grande propiciou a criação de mais um espetáculo teatral. Desta vez, será encenado o monólogo Suicídio, com texto do psiquiatra, professor José Carlos Rosa Pires e adaptação do aluno do 2º anos de Artes Cênicas e ator do espetáculo Matheus Lomando.

A parceria entre os cursos também produziu o espetáculo “Nos trilhos da mente”, que tinha como tema o Alzheimer. Nesta nova produção, o tema será o suicídio, que está entre os causadores de mortes de jovens de 15 a 25 anos. “O suicídio deve ser tratado como doença. Não é uma questão de fé, tanto que temos apoio de vários religiosos nessa produção. Temos que discutir o tema com nossos jovens”, afirma do professor José Carlos.

O espetáculo será encenado no próximo dia 3 de dezembro, às 19hs, no Teatro da MACE. A entrada é gratuita, e os convites devem ser retirados com uma hora de antecedência, no local.

Para a egressa do curso de Artes Cênicas Natali Allas, diretora do espetáculo junto ao aluno do 2º ano do mesmo curso, Robson Marx, a equipe tem muita responsabilidade para abordar um tema que é tão preocupante. “Estamos neste trabalho pelo desejo de fazer arte e também pela vontade e responsabilidade de abordar um tema que é tão sério e que precisa de esclarecimento, para sair do campo do tabu, para que as pessoas possam falar sobre isso, entender, saber pedir ajudar ou ajudar quem precisa de forma mais adequada”, comenta Natali.

A ficha técnica ainda conta com a preparação vocal de Inesila Montenegro, cenário e figurino de Henrique Minante, iluminação e sonoplastia de Lana Figueiró, audiovisual de Gariel Buliani, coordenação adjunta de André Meyer e João Pedro Arantes e a colaboração técnico científica de Letícia Ribeiro, Bruno Barros, Marcela Correa Freitas, Raissa Nogueira Silva, Natália Barbosa Mendes, Jeferson Moraes Mota e Isabella da Siva Luz, todos alunos dos cursos de Medicina e Artes Cênicas da UEMS de Campo Grande.

O Monólogo Suicídio é uma realização da UEMS através da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC) e a Divisão de Cultura, Esporte e Lazer (DCEL) e conta com o apoio da Arquidiocese de Campo Grande, Associação Médica de Mato Grosso do Sul e outros.

Discutindo sobre o assunto

Segundo dados do Boletim Epidemiológico de Tentativas e Óbitos por Suicídio no Brasil, divulgado pelo Ministério da Saúde em setembro, entre 2011 e 2015, as maiores taxas de óbito por suicídio foram registradas nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Mato Grosso do Sul que apresentaram, respectivamente, 10,3, 8,8 e 8,5 óbitos por 100 mil habitantes. Para José Carlos Rosa Pires, a maior causa de suicídio entre os jovens é a depressão e o uso de drogas. “Foi pensando nesse tema que escrevi o texto que posteriormente foi adaptado pelo Leonardo. Toda o suporte técnico científico foi realizado pelos alunos de Medicina, assim como o suporte artístico foi realizado pelos alunos de Artes Cênicas”, conta o professor José Carlos.

Após a apresentação do Monólogo, será realizada uma Mesa Redonda, que vai debater o tema com os espectadores. Participarão da mesa os psiquiatras Marcos Estevão dos Santos Moura, da Clínica Carandá, Antônio de Carvalho Silva, do Hospital Nosso Lar e Danusa Céspedes Guizzo, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e os psicólogos Neomar de Souza do Hospital Nosso Lar e o neuropiscicólogo Israel Daige.

Serviço

Monólogo Suicídio

Data: 03 de dezembro de 2017

Hora: 19h (Chegar uma hora mais cedo para retirar o ingresso)

Local: Teatro da Escola MACE, Rua 26 de agosto, 63, Centro

Entrada: Gratuita

Veja também