bar em bar
erro medico
(67) 99826-0686

Com expectativa de movimentar R$ 13,5 milhões, 5ª Feira de Calçados atrai lojistas do Estado

Feira prossegue até quarta-feira, 19 de julho.

16 JUL 2017
Da Redação
16h09min
Foto: Divulgação

A 5ª Feicc-MS (Feira de Calçados, Couros e Acessórios de Mato Grosso do Sul), que começou neste domingo (16/07) e prossegue até quarta-feira (19/07), sempre das 9 às 19 horas, no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande (MS), espera movimentar R$ 13,5 milhões nos quatro dias do evento. A projeção otimista foi reforçada pelo bom início da Feira, que atraiu centenas de lojistas da Capital e de várias cidades do interior do Estado.
 
Segundo o presidente do Sindical/MS (Sindicato das Indústrias de Calçados de Mato Grosso do Sul), João Batista de Camargo Filho, por ser um evento voltado exclusivamente para os lojistas de calçados, couros e acessórios de Mato Grosso do Sul, o bom movimento deste domingo nos surpreendeu. “Esse primeiro dia está muito bom de público e os lojistas estão aproveitando para tirar os pedidos da coleção primavera-verão. Muitos lojistas compareceram à Feira, principalmente, das cidades do interior, sinalizando que será uma boa edição e conseguiremos atingir a meta de R$ 13,5 milhões”, comemorou.
 
Ele também credita o bom número de lojistas ao espaço destinado para a Feicc-MS, que já é conhecido pelos empresários de todo o Estado e, além de ser bem mais amplo e agradável, tem toda a infraestrutura necessária para receber os lojistas visitantes, bem como os expositores”. “A nossa expectativa é de receber 400 lojistas de todo o Estado e mais de mil pessoas circulando no local durante os quatro dias da Feira de Calçados. O evento também vai contribuir com a divulgação das indústrias já instaladas no Estado e das que estão presentes na Feira, demonstrando todo o potencial da economia sul-mato-grossense”, pontuou.
 
Neste ano, a Feicc tem 64 expositores apresentando e comercializando as novidades e tendências da moda calçadista, bolsas e acessórios de couro. “Temos grandes oportunidades para os lojistas, pois, fazendo seus pedidos na 5ª Feicc, obterão descontos e prazos de pagamentos diferenciados que só conseguirão nos quatro dias da Feira. Além disso, as novas tecnologias e avanços na produção que serão aplicados nos produtos em 2018 serão apresentados no evento”, afirmou João Batista de Camargo.
 
Para o deputado estadual Paulo Corrêa (PR), que fez questão de visitar o Centro de Convenções e Exposições Albano Franco no primeiro dia da 5ª Feicc, o evento surpreendeu. “Fui convidado pelo Camargo para vir visitar a Feira e não esperava encontrar um evento tão bem organizado. É um espaço para o lojista vir aqui comprar e estão sendo esperados negócios da ordem de R$ 13,5 milhões, ou seja, uma feira que traz benefícios para o Estado e gera emprego e renda para os trabalhadores. Quero parabenizar o Camargo e ao presidente da Fiems, Sérgio Longen, por organizarem uma feira tão expressiva como essa”, falou.
 
Expositores e lojistas
 
Na avaliação do representante da Klin e Pampili no Estado, José Paschoal Fedel, a presença maciça dos lojistas na Feira em pleno domingo foi surpreendente. “Esse primeiro dia está nos animando e só faz aumentar a expectativa de que teremos a melhor edição da Feicc. Neste ano, além de um espaço adequado, os expositores trouxeram produtos que devem ter boa aceitação dos lojistas, com certeza, vamos fazer bons negócios”, garantiu.
 
O representante comercial do Grupo Beira Rio, Jorge Ishi, destacou que a Feira oferece mais facilidade para o lojista e tem maior alcance de produtos. “A regionalização das feiras é uma tendência. As vendas devem triplicar do que vendemos geralmente na semana. Esperamos vender pelo menos 15 mil pares”, afirmou, completando que a expectativa também é de que seja a melhor edição da Feicc graças ao movimento registrado logo no primeiro dia.
 
O lojista Marco Arthur Fabricci, proprietário da Naviraí Calçados, Sapataria Central e Tati Calçados, todas na cidade de Naviraí (MS), destaca que neste ano o espaço está muito melhor que o das edições anteriores, facilitando a circulação pelos estandes. “Esse tipo de feira economiza o tempo dos lojistas, pois encontramos todas as marcas concentradas em um único lugar, dá para fazer boas negócios”, projetou.
 
Cícero de Souza Gomes, dona de uma loja itinerante e que atua pelos estabelecimentos de ensino de Campo Grande, também espera fazer bons negócios durante a feira. “Eu tenho mais de 12 mil clientes e costumo aproveitar a Feira para comprar o meu estoque. Neste ano, a Feicc está de parabéns e se eu fosse dar uma nota daria 10. Ela só vem para facilitar a nossa vida e, por isso, só tenho a agradecer aos organizadores”, declarou.
 
Na avaliação do lojista Camilo Abboud Obeid, proprietário da Loja de Calçados Casa do Camilo, de Campo Grande, a Feicc está muito boa neste ano e a expectativa é fazer bons negócios. “Aqui encontramos todas as marcas em um único lugar, isso é muito importante para nós lojistas, pois facilita a nossa vida. Sempre procuro participar do evento para renovar o meu estoque de calçados e atender melhor os consumidores”, finalizou.
 
Senai Empresa
 
Um dos patrocinadores da 5ª Feicc ao lado da Fiems, o Senai montou um estande durante a Feira para divulgar os serviços de tecnologia e inovação, além de disponibilizar, ao longo dos quatro dias do evento, palestras, atendimento ao industriário e rodada de negócios. Para o gerente do Senai Empresa, Rodolpho Caesar Mangialardo, além da divulgação do portfólio de STI (Serviços de Tecnologia e Inovação), o espaço servirá para mostrar o que está sendo oferecido nas áreas de produção industrial, vestuário, design e gestão ambiental.
 
“Queremos demonstrar também como fazer para aumentar a competitividade das empresas e fomentar o entrosamento das indústrias com as rodadas de negócios que faremos durante a Feira para que os empresários possam conhecer melhor o Senai Empresa”, declarou Rodolpho Mangialardo, informando que no domingo foi disponibilizada a palestra “Programa Senai Vestuário”, com a analista técnica Hanna Viana.
 
Na segunda-feira (17/07), às 10 horas, será a vez da palestra sobre “Gestão Energética”, com o palestrante Ildo D’Oliveira Mariano, coordenador do Programa Senai de Gestão Energética, enquanto na terça-feira (18/07), também às 10 horas, têm as palestras “Logística e Produção”, com o palestrante Alonso de Almeida Simões, coordenador do Programa Senai de Produção e Logística, e “Relacionamento com o Mercado”, com o palestrante Luciano Araújo de Carvalho, analista de mercado do Senai Empresa.
 
No último dia da 5ª Feicc, quarta-feira (19/07), às 10 horas, tem a palestra “Manutenção Industrial e Normas e Legislação”, com o palestrante Jean Carlos Lucietto, coordenador do Programa Senai de Manutenção Industrial. Além disso, todos os dias da Feira serão realizadas rodadas de negócios, sempre das 14 às 17 horas, e atendimentos aos industriários, das 11 às 12 horas.

Veja também