(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Índice de Negativação do Comércio cai 262 pontos em agosto comparado ao período de 2015

Mês contou com mais de 6,1 mil exclusões do cadastro de inadimplentes, contra 4.436 em julho

29 SET 2016
ACICG
14h01min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo TopMídiaNews

O Boletim produzido pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) para estudar a inadimplência na Capital atestou, no mês de agosto, o menor Índice de Negativação do Comércio (INC) para o período desde 2012. Já o Índice de Recuperação de Crédito (IRC) apresentou alta, e 38,5% a mais de exclusões do cadastro de inadimplentes do sistema do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).
 
Metodologia - Considerando que a sazonalidade é uma característica da atividade comercial, tanto o INC quanto o IRC foram desenvolvidos com base fixa definida pela média do desempenho do ano de 2014. Portanto, os valores acima de 100 pontos são os que ultrapassam a média obtida no ano de 2014, e os valores abaixo de 100 estão aquém da média.
 
INC - O Índice de Negativação do Comércio (INC/ACICG) encerrou o mês de agosto com 31 pontos, 9 acima do indicador de julho, mas com decréscimo de 262 pontos em relação ao mesmo período em 2015, quando atingiu 293 pontos.  “O crescimento do Índice de Negativação de agosto em relação a julho é consistente com toda a série histórica e tem relação com o retorno às aulas. Cabe ressalvar, no entanto, que este é o menor índice registrado desde 2012, quando o indicador alcançou 20 pontos”, analisa o economista da ACICG, Normann Kallmus.
 
Ele acredita que o reflexo da campanha de regularização de débitos promovida pela ACICG no decorrer de agosto colaborou para que esse indicador fosse positivo. “O consumidor compreendeu, muito antes do governo, que é necessário reduzir os gastos e pagar seus débitos. As incertezas derivadas do comportamento da economia, trouxeram uma redução do consumo e regularização dos compromissos, resultando em redução do nível das negativações registradas”, explica.
 
IRC – Em agosto, o Índice de Recuperação de Crédito (IRC) foi 65 pontos, contra os 58 registrados em julho. “A manutenção do nível de recuperação de crédito acima do Índice de Negativação indica que as famílias estão buscando o equilíbrio econômico. Houve um total de 6.144 exclusões do cadastro de inadimplentes no mês, contra 4.436 em julho (+38,5%)”, revela o economista.
 
Pontos de atenção – Normann acredita que o processo eleitoral deverá trazer à tona a discussão da carga tributária. “Pode ser uma oportunidade para que os políticos se comprometam com uma reversão do quadro.  Não existem condições para que se repita o aumento da liquidez verificada em 2012 e portanto, não deveremos registrar o mesmo aumento no Movimento do Comércio Varejista (MCV) daquele ano, que passou de 112 a 137 pontos em 3 meses”, lembra.
 
Ainda de acordo com Kallmus, setembro tradicionalmente registra um MCV menor do que o de agosto, fazendo projetar uma ligeira queda ou, no máximo, estabilidade para o mês. “Ainda que tal se verifique, é provável que outubro apresente um crescimento, salvo se houver uma significativa mudança dos parâmetros de análise de que dispomos”, finaliza.
 
Os boletins com o Índice de Recuperação e de Negativação do Comércio, bem como bem como a pesquisa sobre o Movimento do Comércio Varejista na íntegra podem ser consultados no site www.acicg.com.br. 

Veja também