bortollos
lalu kids
(67) 99826-0686

JBS é a maior exportadora da indústria frigorífica argentina

Abertura de novos mercados para a carne bovina in natura dá suporte para exportações

7 JAN 2017
Da Redação
15h59min

A JBS está presente na Argentina desde 2005 e é líder de mercado com uma planta frigorífica em Rosário, em Santa Fé, e um centro de distribuição em Buenos Aires. "Temos investido na região o equivalente a US$ 40 milhões para aumentar a nossa capacidade de produção no país. Em relação aos processados, por exemplo, já tivemos uma ampliação na capacidade de produção de salsichas, nuggets e hambúrgueres", diz Gustavo Kahl, Coordenador Regional para o Cone Sul da JBS e presidente da JBS Argentina.
 
O executivo afirma ainda que a expectativa da abertura de novos mercados como os Estados Unidos - esperada para o primeiro trimestre deste ano, a recomposição do rebanho bovino, a recuperação do posicionamento da carne argentina no mercado externo e a evolução da produtividade e da eficiência operacional apoiarão a consolidação da liderança da companhia no país.
 
A JBS Argentina tem capacidade de abate de 500 mil cabeças por ano em sua planta de Rosário e envia 30% de sua produção de carne bovina in natura para China, Chile, Europa e Israel - que representam 90% das exportações da empresa, assim como para o Brasil e à Europa por meio da Cota Hilton.
 

Sobre a JBS

Com mais de seis décadas de história, a JBS é uma indústria de alimentos presente em mais de 20 países, com plataformas de produção ou escritórios comerciais. A companhia conta com mais de 230 mil colaboradores no mundo, exporta para mais de 150 países e possui mais de 300 mil clientes ativos globais. A JBS possui um diversificado portfólio de produtos, com dezenas de marcas reconhecidas em todo o mundo. A companhia também atua em setores relacionados com o seu core business como couros, biodiesel, colágeno, sabonetes, glicerina e envoltórios para embutidos, bem como possui negócios de gestão de resíduos, embalagens metálicas e transportes, que apoiam a sua operação.
adável, falamos um pouco sobre política e projetos para nosso estado” disse o senador.

Veja também