(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Sem parte do 13º salário e pagamento de dezembro, enfermagem da Santa Casa anuncia paralisação

O início da paralisação será às 12h; 30% dos funcionários devem manter atendimento

8 JAN 2019
Redação
10h15min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Hoje (8), a partir das 12h, 70% dos 1.400 profissionais em enfermagem da Santa Casa de Campo Grande iniciam paralisação por tempo indeterminado. A categoria denuncia descaso do hospital que não efetuou o pagamento integral do 13º salário e não tem previsão para efetuar o salário da folha dezembro.

O presidente do SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Lázaro Santana, destaca que a categoria está cansada dos atrasos. “Esses trabalhadores são chefes de famílias, tem suas responsabilidades financeiras para sobreviver, muitos tem filhos, tem materiais e matrículas para pagar em janeiro, todo esse descaso do poder público e do hospital em não solucionar o problema gera grande danos psicológicos nesses profissionais”, critica.

O início da paralisação será às 12h. Na ocasião, os trabalhadores estarão mobilizados em Assembleia Geral convocada pelo sindicato, em frente ao saguão principal do hospital, na entrada pela Rua Eduardo Santos Pereira, nº88.

Atrasos

Apenas 70% do valor do 13º salário foram pagos aos trabalhadores, os 30% restantes seriam parcelados. Ainda assim, o hospital informou ao sindicato que não há previsão para o pagamento da primeira parcela e do salário de dezembro que vence hoje,  5º dia útil do mês, sob a justificativa de falta de repasse de verbas federais, municipais e estaduais.

Paralisação

A paralisação será por tempo indeterminado até que os pagamentos sejam efetuados na conta dos trabalhadores.

Veja também