burguer fest
OUTUBRO ROSA
(67) 99826-0686

Jovem carbonizado e decapitado em Campo Grande morava em Anastácio

Leoni estava na Capital a passeio

4 OUT 2017
Bruna Vasconcelos
14h30min
Corpo da vítima foi encontrado sem cabeça e carbonizado Foto: Arquivo Pessoal
pantanal-interna1
Victor Hugo - 28 anos

O jovem morto de forma brutal no último sábado (30) era morador do assentamento Monjolinho, em Anastácio. Leoni de Moura Custódio, de 18 anos, foi encontrado sem cabeça e carbonizado em um lixão na Capital.

Reinaldo Custódio da Silva, pai da vítima, afirmou que o filho trabalhava cuidando de um lote na cidade do interior e estava a passeio em Campo Grande.

O delegado responsável pelo caso não descarta a possibilidade do caso ter relação com acerto de contas por tráfico de drogas devido à crueldade da forma como aconteceu. 

Entenda o caso

Leoni estava desaparecido desde a última quinta-feira (28) quando a esposa do pai teria entrado em contato com ele, mas não obteve retorno. Como a vítima não era acostumada a sair, o pai, que estava em Sidrolândia a trabalho, retornou a Capital atrás do filho.

No sábado, durante o registro do boletim de ocorrência, Reinaldo foi avisado sobre um corpo achado no aterro sanitário. Ele fez exame de DNA e a confirmação saiu na tarde da última terça-feira (4)

pantanal-interna2
nando viana

Veja também