(67) 99826-0686
PMCG ABRIL IPTU

Polícias de Anastácio e Miranda incineram cerca de uma tonelada de drogas

Delegado de Miranda afirmou que Polícia Civil agilizou parte burocrática da ação

17 ABR 2018
Bruna Vasconcelos
13h57min
Carga é resultado de operações de combate ao tráfico Foto: Ramona Paiva

Uma força-tarefa entre os policiais civis de Anastácio e Miranda incinerou 912 quilos de drogas, na manhã desta terça-feira (17), com a finalidade de tirar os entorpecentes de circulação do mercado-negro.  

Conforme divulgado pelo O Pantaneiro, o delegado titular de Anastácio, Antônio Ribas, contou que as drogas foram apreendidas em operações das polícias civil, militar e rodoviária federal. Entre os entorpecentes estão maconha, cocaína e pasta base.

“Pleiteamos a autorização do Judiciário que foi concedida para que pudéssemos tirar de circulação as drogas que estavam armazenadas há alguns meses. No caso de Anastácio, por ser uma região de grande fluxo de veículos vindos pela BR 419 e 262, o volume dos entorpecentes foi alto. A maconha veio de outras regiões do sul do estado, com destino a Goiás, Minas Gerais e também São Paulo, com entroncamento no nosso município”, explicou Ribas.

Para o delegado de Miranda, Leandro Costa, a Polícia Civil foi fundamental para agilizar a parte burocrática dos trabalhos.

“Essas apreensões são fruto de trabalho intenso nos últimos 6 meses no combate ao tráfico, realizado em sua maioria pela Polícia Rodoviária Federal. No ano passado, ocorreram muitas apreensões de cocaína e pasta base na BR 262. Apesar da pouca quantidade de droga em Miranda, ela é muito cara no mercado negro, por isso o objeto precisa ser destruído o mais rápido possível.”

 

Veja também