(67) 99826-0686
Resina e Marcon

Bodoquena lança obra de implantação da rede de água no Serro Alegre

Prefeito Kazuto Horii comemora com assentados o lançamento dos trabalhos

16 MAI 2018
Da Redação
16h27min
Prefeito comemorou com assentados Foto: Assessoria de Imprensa

“Com dinheiro em caixa a gente faz”, disse o prefeito Kazu Horii (PSDB), na tarde desta segunda-feira (14), durante lançamento oficial da obra de implantação do sistema de abastecimento de água no Assentamento Serro Alegre com 19.739,52 m de extensão, localizado no município de Bodoquena, a 273 km de Campo Grande.

Será quase R$ 1,5 milhão de emenda parlamentar do deputado federal Elizeu Dionízio (PSB) através da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e contra partida da prefeitura, investido no sonho de 86 famílias que ainda tomam banho de balde, com total dependência da água (não tratada) do rio para o uso pessoal e atividades essenciais básicas na agricultura familiar como, por exemplo, aguar a horta.

Dona Neuza de Souza mora há mais de 12 anos no Serro Alegre e é no lote 16 onde mora, que será construído o poço artesiano que abastecerá o assentamento. Ela conta que é muito difícil a vida sem a água.

“é muito difícil por que a gente tem que comprar coador e coar o lodo e larva de mosquito da água pra beber, tomar banho, cozinhar e dar pras criação [horta e animais de criação do campo]. Se compra água mineral não dá para muitos dias, tem que economizar aquela água; aparar água de chuva ai você vai usando aquela água, ás vezes não temos dinheiro nem psra comprar água”, revela Dona Neuza.

De acordo com o chefe do Executivo, o projeto do abastecimento de água foi desenvolvimento, conforme determinado por ele, pela prefeitura em tempo recorde através da equipe responsável. Ainda disse que priorizou em seu planejamento de governo o Assentamento Serro Alegre para a realização do sonho das donas de casa e agricultores, que é a rede de água no local.

“Gostaria de parabenizar a secretária do Executivo, Vivian Cruz, pela dedicação e rapidez com que este projeto foi elaborado por nossa equipe. Desta magnitude, recebi a informação de que foi o processo de elaboração de projeto mais rápido do Brasil. Os moradores não podem mais esperar pela água potável em suas casas”, reitera o prefeito.

Outra mão de ferro responsável para mais esta obra em Bodoquena é o deputado federal Elizeu Dionío que destina em primeiro momento quase R$ 1 milhão de recursos para o município e promete ainda, enviar mais R$ 500 mil para a finalização da terceira etapa do trabalho.

“Tem um ditado popular que diz que ‘sonho que se sonha sozinho ele é somente um sonho. Mas um sonho a quatro mãos que você sonha em conjunto ele se torna realidade.’ E esse fato se cumpriu hoje aqui. Funasa, Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Governo Federal, Administração municipal através do prefeito Kazu, Câmara Municipal através do vereador Nelson e a gente colocando recursos da bancada federal, conseguimos trazer esta realidade pro chão do Serro Alegre. Tenho certeza de que daqui mais uns dias  nós estaremos aqui já com a Festa da Água”, celebra o deputado.

Dividido em três etapas, o projeto já consta com recursos para a conclusão das duas primeiras e neste ato, foi assinado o termo de autorização do processo licitatório da primeira etapa no valor de R$ 455 mil.

Conforme o líder do prefeito na Câmara de Vereadores e articulador do recurso financeiro para a obra, vereador Nelson de Paulo (PSDB), é uma satisfação pessoal imensa por mais esta conquista para Bodoquena, pois, há 12 anos as famílias sofrem por falta das redes de água e energia.
“Agora com esta emenda do deputado Elizeu Dionízio de R$ 950 mil, atenderemos a demanda principal dos assentados que é a questão da água potável para os moradores”, comemora Nelson.

Funasa

Segundo o diretor do Departamento de Engenharia da Funasa, Aristides Ortiz, este sonho realizado foi possível graças à articulação da Câmara e Prefeitura de Bodoquena fazendo gestão junto ao deputado Elizeu Dionízio, para a liberação do valor de R$ 500 mil reais que atenderá em primeiro instante, uma parte do Serro Alegre.

“A Funasa foi comunicada que havia este recurso, entramos em contato com a prefeitura que de uma forma muito rápida elaborou o projeto, nós aprovamos e está sendo feita a primeira etapa. Agora o deputado assumiu um compromisso conosco de que enviará mais uma emenda para conclusão da fase final do projeto deixando o assentamento 100% abastecido por água”, explica.

A previsão é de que até o mês de março do próximo ano, todas as residências do Assentamento Serro Alegre terão água potável saindo pela torneira, propiciando um conforto básico e garantido pela Constituição Federal.

 

 

Veja também